AS MICROESTRUTURAS ONOMASIOLÓGICAS DE PESCADOR NA COMUNIDADE DE BAIACU-VERA CRUZ-BAHIA

Cristiane Fernandes Moreira

Resumo


Este artigo compreende um estudo de análise descritiva predominantemente semântico-lexical dos termos da língua de especialidade da atividade pesqueira na comunidade de Baiacu. Te por base o referencial teórico-metodológico da Onomasiologia e da Semasiologia, pautado na proposta da Semântica Estrutural Européia apresentada por K. Baldinger (1970), bem como no campo de debates da Lexicologia. A principal problemática refere-se à investigação em torno da estruturação dos campos conceituais e dos campos semasiológicos do vocabulário do grupo em apreço. A análise se realiza com base na pesquisa desenvolvida a partir da aplicação de inquéritos lingüísticos com pessoas que trabalham na pesca e completada com dados de dicionários gerais e etimológicos.

Palavras-chave


Semântica. Onomasiologia. Semasiologia. Terminologia.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301

Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional , que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.