Sobre a aquisição e o aspecto criativo da linguagem: as respostas de Noam Chomsky aos Problemas de Platão e Descartes

Caroline Toni Foppa

Resumo


Neste trabalho pretende-se fazer uma leitura do que o autor Noam Chomsky chamou de Problema de Platão e Problema de Descartes. O primeiro busca responder à questão sobre como é possível aos seres humanos adultos possuírem um sistema de conhecimento da língua tão complexo e rico, já que seu contato com o mundo pode ser considerado limitado e os estímulos iniciais que recebem são tão pobres durante o período de aquisição da linguagem; o segundo está relacionado ao aspecto criativo da linguagem, o qual permite a elaboração de um número infinito de frases a partir de uma quantidade finita de elementos e estruturas.

Palavras-chave


aquisição da linguagem; aspecto criativo da linguagem; gramática gerativa

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.