“Evocação lírica de Lisboa”: a cidade encantada de Cecília Meireles

Karla Renata Mendes

Resumo


Cecília Meireles consagrou-se no panorama literário brasileiro como um dos nomes mais importantes da poesia nacional. Entretanto, sua obra em prosa, editada com mais ênfase a partir dos anos 90, veio somar-se a sua já consagrada obra poética e revelar características de sua atuação no jornalismo e na escrita de crônicas. Dentre suas linhas de atuação em jornais do Brasil, ao longo de mais de trinta anos, destacam-se, nessa pesquisa, os textos que hoje se encontram reunidos sob a denominação de crônicas de viagem, frutos dos deslocamentos da autora por aproximadamente 18 países e mais de 60 cidades. Com tantos destinos diferentes, evidencia-se aqui sua passagem por Portugal registrada na crônica “Evocação lírica de Lisboa”. Resgatando, mais de dez anos depois, as memórias da viagem realizada em 1934, o presente texto vem confirmar o lirismo e a subjetividade típicos da obra da autora.

Palavras-chave


Cecília Meireles; crônica de viagem; lirismo; evocação

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.