Compreensão leitora e estrutura argumentativa do gênero crônica

Jésura Lopes Chaves

Resumo


O presente trabalho examina a relação entre compreensão leitora e conhecimento de estrutura predominantemente argumentativa de uma crônica. Para proceder à investigação, analisou-se o desempenho de alunos da terceira série do Ensino Médio através de um teste de compreensão leitora (TCL) e um teste de conhecimento de estrutura predominantemente argumentativa (TEA), com base na teoria postulada por Adam (1992). A partir dos dados levantados, calculou-se o coeficiente de correlação de Pearson ( r ) das duas variáveis. O resultado obtido indica uma correlação de 0, 578, confirmando a hipótese norteadora do trabalho de que uma variável está relacionada à outra. Considerando as peculiaridades dos objetos em pauta - leitura, crônica e argumentação - que, imbricados, apontam para outros fatores concorrendo também para a correlação, o tema revela-se bastante complexo. Nesse sentido, torna-se premente a realização de novos trabalhos científicos que focalizem a integração entre esses elementos, tendo em vista a sua relevância para paradigmas escolares que objetivam a formação de leitores proficientes.

Palavras-chave


Compreensão leitora; Estrutura argumentativa; Crônica.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS