Proposta de modelo de leitura para interfaces gráficas do computador

Ana Elisa Costa Novais

Resumo


Este artigo propõe uma adaptação do modelo de leitura de Coscarelli (1999) para o contexto das interfaces gráficas de computador. Concebemos as interfaces enquanto textos, com características estáveis e previsíveis, construídas por uma equipe de produtores, para um grupo de leitores, em um dado contexto, com um objetivo. Como parte da adaptação do modelo de leitura, elencamos algumas questões que podem facilitar ou dificultar a leitura das interfaces, segundo os domínios cognitivos que operam nessa interação. Acreditamos que a compreensão dessas marcas e características típicas da interface é realizada a partir da habilidade de produção de inferências, generalizações e julgamentos, e facilita o trânsito pelo ambiente digital.

Palavras-chave


computador; cognição; interface.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS