Caracterização do articulador mas no discurso pela Teoria da Argumentação na Língua

Marcela Cristiane Nesello

Resumo


Diversas gramáticas têm realizado estudos sobre o articulador mas. Entretanto, nota-se que em todos os estudos dessas gramáticas o mas é classificado e separado de seu contexto lingüístico. Nessa separação, acaba-se por ignorar as possibilidades de uso e o valor argumentativo do articulador, já que as relações dele com os enunciados que o precedem e sucedem normalmente não recebem atenção. Por estudar as relações entre palavras, enunciados e discursos, a Teoria da Argumentação na Língua (ANL) foi escolhida para basear esta pesquisa. Para a ANL, a argumentação está na própria língua, e não em fatos externos ao mundo dito real. Sendo assim, o sentido será construído pela relação estabelecida entre palavras, enunciados e discursos estritamente no contexto lingüístico. A área de Teorias do Discurso onde se encontra a ANL, assim, permite que seja feita uma análise contextualizada do articulador, a fim de identificar seu valor argumentativo. A pesquisa tem por objetivos verificar como a ANL estuda os articuladores no discurso e recuperar os encadeamentos antecedentes e os encadeamentos subseqüentes ao mas.

Palavras-chave


argumentação; enunciação; articuladores

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS