Rodrigo Lacerda: estilos que se fundem entre a vida e os livros traduzidos

Marcilene Moreira Donadoni

Resumo


Na trajetória para se consagrarem escritores, vários autores se enveredam por diferentes caminhos artísticos. Assim, conforme seus nomes ganham destaque na mídia, suas obras começam a sair das últimas prateleiras empoeiradas das pequenas livrarias. Neste artigo, nos interessa apresentar o trabalho de Rodrigo Lacerda, conceituado e premiado escritor de literatura brasileira, por meio de sua relação com a atividade de tradução e adaptação. O objetivo é mostrar a relação entre a obra literária autoral de Lacerda e suas obras de tradução e adaptação de literatura de língua inglesa. Para tanto, propomos refletir sua habilidade com a arte da tradução e da adaptação de romances como O médico e o monstro (1992), de Robert Louis Stevenson; A nuvem da morte (1993), de Arthur Conan Doyle; Coleção Movimentos da Arte, com o título Expressionismo (2002), de Shulamith Behr; Poemas (2006), de Raymond Carver e O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry (2015). Ancorados nos estudos de Candido (2006), Kristeva (2005) e Perrone-Moisés (1998) no que concerne à arte literária, demonstraremos que, com leveza e suavidade, o tradutor propõe resgatar o leitor juvenil que desconhece os clássicos literários, especialmente com a publicação de seu romance Hamlet ou Amleto? Shakespeare para jovens curiosos e adultos preguiçosos (2015).


Palavras-chave


Literatura universal. Escritor-tradutor. Rodrigo Lacerda.

Texto completo:

PDF

Referências


A MULHER da gargantilha de veludo e outras histórias de terror. Folha de S. Paulo, São Paulo, 10 nov. 2012.

BRASIL, Ubiratan. A saga de uma família de políticos. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 30 nov. 2013.

CALIFE, Jorge Luiz. Decifrando o Shakespeare para a geração pós-moderna. Diário do Vale, [S.l.], 23 fev. 2015.

CANDIDO, Antonio. Literatura e sociedade. 9. ed. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2006.

CATUCCI, Anaísa. Livro mostra dilemas nas escolhas da juventude. Folha de S. Paulo, São Paulo, 14 set. 2009.

https://doi.org/10.11606/d.27.2008.tde-15072009-222809

COELHO, Marcelo. Obra faz bons retratos, mas falha em narração. Folha de S. Paulo. São Paulo, 29 nov. 2013.

FALCÃO, Aluízio. A paixão pelos livros. Estado de S. Paulo. São Paulo, 13 nov. 2004.

FIGUEIREDO, Rubens. A dinâmica das larvas aposta na farsa. O Estado de S. Paulo. São Paulo, 07 set. 1996.

GIOIA, Mario. Livraria recebe lançamentos de Ramil e Lacerda. Folha de S. Paulo. São Paulo, 18 jun. 2008.

HATOUM, Milton. Palmeiras selvagens. Folha de S. Paulo. São Paulo, 12 jun. 2005.

KRISTEVA, Julia. Introdução à semanálise. 2. ed. Tradução Lúcia Helena França Ferraz. São Paulo: Perspectiva, 2005.

LACERDA, Rodrigo. A dinâmica das larvas: uma fábula pessimista. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1996.

LACERDA, Rodrigo. A república das abelhas. São Paulo: Companhia das letras, 2013a.

LACERDA, Rodrigo. Escritor Rodrigo Lacerda faz bate-papo hoje em Maringá. Entrevista a Wilame Prado. Diário de Maringá, Maringá, PR. 14 ago. 2013 [2013b].

Disponível em: http://blogs.odiario.com/wilameprado/2013/08/14/escritorrodrigo-lacerda-faz-bate-papo-hoje-em-maringa/. Acesso: 20 out. 2014.

https://doi.org/10.17138/tgft(2)27-28

LACERDA, Rodrigo. Hamlet ou Amleto?: Shakespeare para jovens curiosos e adultos preguiçosos. Rio de Janeiro: Zahar, 2015.

LACERDA, Rodrigo. Jogos de Ideias Entrevista a Claudinei Ferreira. 6. ed. Fórum de Letras. Ouro Preto, MG, nov. 2010.

Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=j-FpBEqlwrM. Acesso: 14 ago. 2014.

LACERDA, Rodrigo; MARTINS, Gustavo. Fábulas para o ano 2000. 2. ed. São Paulo: Ateliê Editora, 2000.

LACERDA, Rodrigo. O fazedor de velhos. São Paulo: Cosac Naify, 2008.

LACERDA, Rodrigo. O mistério do leão rampante. Apresentação João Ubaldo. São Paulo: Ateliê Editora, 1995.

LACERDA, Rodrigo. Outra vida. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009.

LACERDA, Rodrigo. Política. Folha de S. Paulo. São Paulo, 20 nov. 2011.

LACERDA, Rodrigo. Uma conversa entre o autor e Manuel da Costa Pinto sobre sua obra e seu gosto musical representado aqui em peças de Verdi, Beethoven e Bach. Entrevista a Manuel da Costa Pinto. Rádio Cultura FM. [S.l.] 26 jun. 2012.

Disponível em: http://culturafm.cmais.com.br/entrelinhas-fm/rodrigo-lacerda. Acesso: 16 out. 2014.

https://doi.org/10.5585/dialogia.v8i1.2063

LACERDA, Rodrigo. Vista do rio. São Paulo: Cosac Naify, 2004.

LANÇAMENTO 1. Folha de S. Paulo. São Paulo, 8 set. 1996.

LIVRARIA DA FOLHA. Em Hamlet ou Amleto?, autor comenta referências da obra de Shakespeare. Folha de S. Paulo. São Paulo, 4 mar. 2015.

https://doi.org/10.11606/d.91.2019.tde-27032019-175408

LOPES, Claudio Fragata. Escritores jovens para jovens leitores. Galileu. Ed. 91, [S.l., s.d.].

MIRANDA, Wander Melo. A simetria imperfeita. Folha de S. Paulo. São Paulo, 29 fev. 2004.

MOSER, Sandro. Lacerda faz um guia de leitura sobre Hamlet. Gazeta do Povo, [S.l.], 8 mar. 2015.

O CONDE de Monte Cristo. Folha de S. Paulo. São Paulo, 22 jul. 2012.

PARA preguiçosos. Folha de S. Paulo, São Paulo, 4 out. 2014.

PÉCORA, Alcir. Tensão narrativa se dissipa em sucessão de lugares comuns. Folha de S. Paulo, São Paulo, 27 jun. 2009.

PERRONE-MOISÉS, Leyla. Altas literaturas: escolha e valor na obra crítica de escritores modernos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

PIRES, Francisco Quinteiro. A passagem do tempo é tempero para a vida. Estado de S. Paulo. São Paulo, 18 jun. 2008.

REIS, Bia. Amor aos livros. Revista Biblioo. Rio de Janeiro, 26 jun. 2014.

Disponível em: http://biblioo.info/amor-aos-livros/. Acesso: 3 set. 2014.

RODRIGUES, Maria Fernanda. Livros! Estado de S. Paulo, São Paulo, 30 jun. 2014.

SIMÕES, Eduardo. Mesa Separações. Folha de S. Paulo, São Paulo, 15 maio 2009.

TERRON, Joca Reiners. Ficção recria glória e declínio de Scott Fitzgerald. Folha de S. Paulo. São Paulo, 6 maio 2006.

VILLAC, Luana. Mergulho no tempo. Folha de S. Paulo, São Paulo, 16 jun. 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2019.1.32076

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS