O enigma de “Jabberwocky” na tradução de Augusto de Campos para o português brasileiro

Marinice Argenta, Sandra Sirangelo Maggio

Resumo


Este trabalho apresenta e localiza historicamente o conceito de nonsense a partir do poema “Jabberwocky”, de Lewis Carroll, comentando certas escolhas de tradução da obra feitas por Augusto de Campos para a edição de 1980 da Editora Summus. “Jabberwocky”, um clássico nonsense de língua inglesa, começou a ser composto por Carroll em 1855, tendo sido mais tarde integrado à obra Através do Espelho e o que Alice Encontrou Lá, em 1871. Tanto Carroll quanto Augusto de Campos tornam inteligível um texto que à primeira vista parece inacessível, através da criação de palavras novas e singulares (neologismos e portmanteaus). Os resultados de ambos os esforços compõem uma história compreensível, contada em versos. O entendimento do poema faz-se possível também em outras traduções para o português, porém optamos por comentar as escolhas feitas por Augusto de Campos, na tradução denominada “Jaguadarte”, por configurarem a marca autoral de um dos mais renomados tradutores de poesia no Brasil. O trabalho representa, em suma, uma nota de apreciação sobre a genialidade da construção poética deste tradutor.


Palavras-chave


Tradução literária. Nonsense. Lewis Carroll. Jabberwocky. Augusto de Campos.

Texto completo:

PDF

Referências


CAMPOS, Augusto de. Entrevista com Augusto de Campos no Joycentenário. Depoimento. 1984. Ilha do Desterro: a journal of language and literature, Florianópolis, v. 5, n. 12, p. 25-35, 1984.

CAMPOS, Augusto de. Jaguadarte. In: CARROLL, Lewis. Aventuras de Alice: Alice no país das maravilhas; através do espelho e o que Alice encontrou lá. Tradução de Sebastião Uchoa Leite (prosa) e Augusto de Campos (poemas). São Paulo: Summus, 1980. p. 146.

https://doi.org/10.19146/pibic-2016-50619

CARROLL, Lewis. Alice’s adventures under ground. [1862-64]. 2015. Manuscrito disponível na British Library.

Disponível em: https://www.bl.uk/collection-items/alices-adventures-under-ground-the-original-manuscript-version-of-alices-adventures-inwonderland. Acesso em: 06 fev. 2018.

https://doi.org/10.1017/cbo9781139568555.009

CARROLL, Lewis. Alice: edição comentada de Alice no país das maravilhas e Através do espelho. Tradução de Maria Luiz X. de A. Borges. Rio: Jorge Zahar, 2002.

CARROLL, Lewis. Alice no fundo do espelho. Tradução e adaptação de Oliveira Ribeiro Netto. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1984.

CARROLL, Lewis. Alice no país do espelho. Tradução de William Lagos. Porto Alegre: L&PM, 2004.

CARROLL, Lewis. Aventuras de Alice: Alice no país das maravilhas; através do espelho e o que Alice encontrou lá. Tradução de Sebastião Uchoa Leite (prosa) e Augusto de Campos (poemas). São Paulo: Summus, 1980.

https://doi.org/10.19146/pibic-2016-50619

CARROLL, Lewis. Do outro lado do espelho. Edição condensada. Tradução de Ricardo Gouveia. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

CARROLL, Lewis. Lewis Carroll: obras escolhidas. Tradução de Eugênio Amado. Belo Horizonte: Itatiaia, 1999. 2v.

CARROLL, Lewis. Through the looking-glass, and what Alice found there. In: CARROLL, Lewis. The annotated Alice. Introdução e notas por Martin Gardner. Harmondsworth: Penguin, 1987.

GARDNER, Martin. Comentário sobre “Jabberwocky”. In: CARROLL, Lewis. Alice: edição comentada de Alice no país das maravilhas e Através do espelho. Tradução de Maria Luiz X. de A. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2014.89210

GARDNER, Martin (ed.). The annotated Alice: the definitive edition. 4th. ed. New York: W. W. Norton, 2000.

GELASHVILI, Tamar. Allusions on Lewis Carroll in James Joyce’s Finnegans wake. 2016.

International Journal of Research in Humanities, Arts and Literature, [S.l.], v. 4, n. 5, may 2016, p. 47-54.

Disponível em: https://pt.scribd.com/doc/316076944/ALLUSIONS-ON-LEWIS-CARROLL-IN-JAMES-JOYCE-S-FINNEGANS-WAKE. Acesso em: 06 fev. 2018.

https://doi.org/10.2307/j.ctv47w940.7

JOLLES, André. Formas simples. São Paulo: Cultrix, 1976.

JOYCE, James. Finnegans wake [1939]. [S. l.], 2010. Edição online.

Disponível em: http://www.finwake.com/. Acesso em: 06 fev. 2018.

SOARES, Angélica. Gêneros literários. São Paulo: Ática, 1999.

STEWART, Jessica. Salvador Dalí’s Rarely Seen Alice in Wonderland illustrations are finally reissued. Art Achives. My Modern MET. [S.l.], 31 Jul. 2017.

Disponível em: https://mymodernmet.com/salvador-dali-alice-in-wonderland. Acesso em: 07 fev. 2018.

TRADUÇÕES de Jabberwocky em português. Blog da Psicologia da Educação. [S.l.], 2010.

Disponível em: https://www.ufrgs.br/psicoeduc/variados/traduzir-lewiscarroll/. Acesso em: 22 maio 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2019.1.32027

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS