Em teu ventre: quando a ficção é mais verossímil

Ana Cláudia Munari Domingos

Resumo


A literatura, em sua gênese, tem profundo sentido nos mitos e nas narrativas que explicam o funcionamento do mundo – desde as vozes coletivas e sustentadoras da coletividade, até a lógica da civilização e o sentimento do homem sobre si próprio. A prosa contemporânea, sobretudo o romance, está fundada principalmente nessa última questão, na quebra entre esse mundo e o sujeito. Desde então, memórias coletivas, como as das guerras, e subjetivas, a exemplo de muitas biografias, têm-se dividido entre as principais tendências da escritura, conforme a importância dos acontecimentos e das pessoas que o vivem – ora temos sido mais empáticos com o que nos rodeia, ora somos mais centralizados em questões individuais, marca esta da mentalidade contemporânea. Em Em teu ventre, novela de 2015, o escritor português José Luís Peixoto contraria um pouco essa tendência, ao ficcionalizar uma história que faz parte do imaginário cristão: as aparições de Nossa Senhora em Fátima, Portugal, em 1917. Este trabalho busca compreender o entrelaçamento dos elementos referenciais factuais e a figuração das personagens, bem como a elaboração fictícia, pelo preenchimento dos vazios que a história nunca contou, através da observação do narrador e em torno do significado de memória a partir de Maurice Halbwachs (2004).


Palavras-chave


Em teu ventre; José Luís Peixoto; Verossimilhança; Ficção contemporânea.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Avelino de. O milagre de Fátima. Revista Ilustração Portuguesa, n. 610, 29 out. 1917, p. 353-356. Disponível em: http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/IlustracaoPort/1917/N610/N610_master/N610.pdf. Acessado em: set. 2017.

AMARAL, Gonçalo. Maddie, a verdade da mentira. Lisboa: Guerra e Paz, 2008.

BADIOU, Alain. O século. São Paulo: Ideias e Letras, 2007.

BARTHES, Roland. A câmara Clara. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.

BURPO, Todd; VINCENT, Lynn. O céu existe mesmo. Lisboa: Lua de Papel, 2011.

COMPANHIA DAS LETRAS. Portal on line. “A viagem do elefante.” S/D. Disponível em:

https://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=12696. Acesso em: Set. 2017.

CRISTÓVÃO, Paulo Pereira. A estrela de Joana. Lisboa: Presença, 2007.

ECO, Umberto. Quase a mesma coisa: Experiências de tradução. Rio de Janeiro: Record, 2007.

GARCÍA MÁRQUEZ, Gabriel. Cem anos de solidão. Rio de Janeiro: Record, 2000.

GENETTE, Gerard. Palimpsestos: a literatura de segunda mão. Cadernos do Departamento de Letras Vernáculas. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2006.

GILBERT, Elizabeth. Comer, orar, amar. Lisboa: Bertrand, 2006.

GILBERT, Elizabeth. Comer, rezar e amar. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

Irmã Lúcia de JESUS. Memórias da Irmã Lúcia I. Fátima: Secretariado dos Pastorinhos, 2007.

JORNAL EXPRESSO. “Os 50 livros mais vendidos nos últimos cinco anos.” Publicação on line. Set. 2012. Disponível em: http://expresso.sapo.pt/cultura/Livros/os-50-livrosmais-vendidos-nos-ultimos-cinco-anos=f750972. Acesso em: set. 2017.

LIPOVETSKY, Gilles. A era do vazio: ensaios sobre o individualismo contemporâneo. São Paulo: Manole, 2005.

LIPOVETSKY, Gilles. O mundo hipermoderno. São Paulo: Edições 70, 1911.

LUKÁCS, George. A teoria do romance: um ensaio historicofilosófico sobre as formas da grande épica. São Paulo: Duas Cidades, 34, 2000.

MOISÉS, Massaud. A Literatura portuguesa. São Paulo: Cultrix, 2006.

NATÁRIO, Anabela. “O sol bailou pouco nos jornais. Fátima nas notícias de há 100 anos”. Expresso online, 13 mai., 2017. Disponível em: http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-05-13-O-sol-bailou-pouco-nos-jornais.-Fatima-nas-noticias-de-ha-100-anos. Acesso em: set. 2017.

NIELSEN BOOKSCAN. “Consumo”. Pesquisas sobre o mercado editorial. Disponível em:

http://www.nielsen.com. Acesso em jun. 2017.

PEIX OTO, José Luís. “Receita de pão-de-ló”. Tap Magazine. 1 set. 2014. Disponível em:

PEIX OTO, José Luís. Em teu ventre. Lisboa: Quetzal, 2015.

PEIX OTO, José Luís. Em teu ventre. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

PEIX OTO, José Luís. Livro. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

ROSA, João Guimarães. Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1965.

SANTOS, José Rodrigues dos. A fórmula de Deus. Lisboa: Gradiva, 2006.

SANTOS, José Rodrigues dos. Codex 632. Lisboa: Gradiva, 2005.

SANTOS, José Rodrigues dos. O anjo branco. Lisboa: Gradiva, 2010.

SANTOS, José Rodrigues dos. O sétimo selo. Lisboa: Gradiva, 2007.

SANTOS, José Rodrigues dos. O último segredo. Lisboa: Gradiva, 2011.

SARAMAGO, José. A viagem do elefante. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

SARAMAGO, José. Caim, Lisboa, Caminho Editorial, 2009.

SARAMAGO, José. História do cerco de Lisboa. Porto: Porto Editora, 1989.

SARAMAGO, José. Memorial do convento. Lisboa: Caminho Editorial, 1982.

SARAMAGO, José. O evangelho segundo Jesus Cristo. Lisboa, Caminho Editorial, 1991.

SINDICATO NACIONAL DE EDITORES DE LIVROS. “Pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro (Fipe)”. Disponível em: http://www.snel.org.br. Acesso em jun. 2017.

TAVARES, Miguel Sousa. Rio das flores. Alfragide: Oficina do Livro, 2008.

YOUTUBE. “Os romances históricos são dos livros mais procurados pelos

portugueses.” Vídeo on line. Fev. 2013. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=pGOTDbUcfMk. Acesso em: jul. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2018.s.30495

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS