Relações entre o Jornalismo e a Literatura para o nascimento do verdadeiro sentimento de identidade nacional e afirmação cultural

Antonio Carlos Hohlfeldt

Resumo


O presente texto discute o conceito de literaturas africanas de expressão ou de língua portuguesa e busca caracterizar conceitual e historicamente tais literaturas, enfatizando seu aspecto original enquanto literatura oral. Conceitualmente, esta oralidade seria responsável pelos aspectos inovadores destas literaturas em relação aos cânones das demais literaturas ocidentais, porque ela não significa uma incompetência, mas um modo de se relacionar com o mundo. Historicamente, examina-se o papel estratégico que a imprensa informativa representou para as primeiras expressões e a afirmação destas literaturas.


Palavras-chave


Literatura Africana de Língua Portuguesa; Oralidade; Imprensa.

Texto completo:

PDF

Referências


ABDALA JÚNIOR, Benjamin. Literatura, História e Política: literaturas de língua portuguesa no século XX. São Paulo: Ateliê, 2007.

BAHULE, Cremildo. Literatura moçambicana: um msaho em sedimentação. 2013. Notícias online. Disponível em: . Acesso em: 19 jan. 2018.

BUENO, Edna; SOARES, Lucilia; PARREIRAS, Ninfa. Navegar pelas letras. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

CHAVES, Rita; MACÊDO, Tania. Marcas da diferença: as literaturas africanas de língua portuguesa. São Paulo: Alameda, 2006.

COLÓQUIO/LETRAS. Inquérito: O futuro do português como língua literária em África. Lisboa, setembro de 1974. Edição especial da revista da Fundação Calouste Gulbenkian, p. 5-16.

COLÓQUIO/LETRAS. Edição especial sobre as literaturas de expressão portuguesa na África – com ensaios e textos literários originais. Fundação Calouste Gulbenkian, setembro de 1977, Lisboa. p. 5-72.

DEVI, Vimala; SEABRA, Manuel de. A literatura indo-portuguesa. Lisboa: Junta de Investigações do Ultramar, 1971.

ERVEDOSA, Carlos. Roteiro da literatura angolana. Lisboa: Edições 70, 1979.

FERREIRA, Manuel. Literaturas africanas de expressão portuguesa. São Paulo: Ática, 1987.

FONSECA, Maria Nazareth Soares. Literaturas africanas de língua portuguesa. Mobilidades e trânsitos diaspóricos. Belo Horizonte: Nandyala, 2015.

FONSECA, Maria Nazareth Soares; MOREIRA, Terezinha Taborda. Panorama das literaturas africanas de língua portuguesa, s/d. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2018.

HOHLFELDT, Antonio. Pioneiros da imprensa em Moçambique: João Albasini e seu irmão. Brazilian Journalism Research, SBPJor, v. 6, n. 1, p. 195-214, 2010.

JAHN, J. Las literaturas neoafricanas. Madrid: Guadarrama, 1971.

KANDJIMBO, Luís. A literatura angola, a formação de um cânone literário mínimo de Língua Portuguesa e as estratégias da sua difusão e ensino. In: Seminário para Edificação do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, 2001. Disponível em:

um-c%C3%A2none-liter%C3%A1rio-m%C3%ADnimo-de-l%C3%ADngua-portuguesae-as-estrat%C3%A9gias-da-sua-difus%C3%A3o-e-ensino*>. Acesso em: 17 jan. 2018.

LARANJEIRA, Pires. Bibliografia crítica essencial. Discursos, n. 9, p. 115-134, 1995. Disponível em:

Laranjeira.pdf>. Acesso em: 18 jan. 2018.

LEITE, Ana Mafalda. Literaturas africanas e formulações pós-coloniais. Lisboa: Colibri, 2013.

LETRAS HOJE. Edição especial da revista do Programa de Pós Graduação em Lingüística e Letras da PUCRS. Porto Alegre, junho de 1990.

LUSOFONIA. Plataforma de apoio ao estudo da língua portuguesa no mundo, 2016. Disponível em: . Acesso em:

jan. 2018.

MACÊDO, Tania; CHAVES, A, Rita. Literaturas de língua portuguesa. Marcos e marcas. Angola. São Paulo: Arte & Ciência, 2007.

MACÊDO, Tania; MAQUÊA, Vera. Literaturas de língua portuguesa. Marcos e marcas. Moçambique. São Paulo: Arte & Ciência, 2007.

MENDONÇA, Fátima. A literatura moçambicana em questão. Discursos, n. 9, p. 37-51, 1995. Disponível em: . Acesso em: 17 jan. 2018.

MENDONÇA, Fátima. Literaturas emergentes, identidades e cânone. In: Literatura moçambicana: as dobras da escrita. Maputo: Ndjira, 2010. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2018.

PEPETELA. Sobre a gênese da literatura angolana, (s/d). Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2018.

SANTILLI, Maria Aparecida. Paralelas e tangentes entre literaturas de língua portuguesa. São Paulo: Arte & Ciência, 2003.

SANTILLI, Maria Aparecida. Literaturas de língua portuguesa: Marcos e marcas. Cabo Verde/São Paulo: Arte & Ciência, 2007.

SILVA, Henrique Rola da. Informação portuguesa. Macau: Gabinete de Comunicação Social do Governo de Macau, 1992.

SOARES, Francisco. Notícia da literatura angolana. Luanda: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2001.

TRIGO, Salvato. A literatura angolana do discurso ao texto. Separata do Bulletin des Études Portugaises et brésiliennes, Paris, n. 44-45, 1985.

TRIGO, Salvato. Introdução à literatura angolana de expressão portuguesa. Porto: Brasília, 1977.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2018.1.30439

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS