Clarezas (e obscuridades) d' O Desertor de Silva Alvarenga

Lucas Bento Pugliesi

Resumo


O presente trabalho versa sobre a relação entre público e obra na invenção de O desertor de Inácio da Silva Alvarenga (1749-1814), a partir da imitação dos modelos retóricos de longa duração que concorrem no momento de escrita do poema durante o mecenato pombalino. Assim, propõe-se que contra certa ortodoxia das doutrinas de arte de um Cândido Lusitano, Alvarenga produz liames de obscuridade em seu poema heróicômico que, pela natureza mista, fala também a um público misto (o especializado do ambiente acadêmico, no qual a obra foi gestada, e o amplo, idealizado pelo projeto civilizatório pombalino).


Palavras-chave


Poética; Poesia Setecentista; Poesia colonial; Teoria dos Gêneros; Retórica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, Manuel Inácio da Silva. O desertor: poema herói-cômico. Coimbra: Na real oficina da Universidade, 1774.

BOILEAU-DESPRÉAUX, Nicolas. Arte poética. Trad. Célia Berrettini. São Paulo: Perspectiva, 1979.

CARDOSO, Patrícia. Categorias retórico-poéticas e produção de embates n´O desertor, de Manuel Inácio da Silva Alvarenga. Tese (Doutorado em Letras) — Faculdade de Ciências e Letras de Assis, UNESP – Universidade Estadual Paulista, Assis, 2016.

DELEUZE, Gilles. A dobra: Leibniz e o barroco. Trad. Luiz B. Orlandi. Campinas: Papirus, 1991.

DERRIDA, Jacques. Gramatologia. Trad. Miriam Chnaiderman e Renato Janine Ribeiro. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 2013.

FREIRE, Francisco José (Cândido Lusitano). Arte poética ou Regras da verdadeira poesia em geral, e de todas as suas especies principaes, tratadas com juízo crítico. 2. ed. Lisboa: Na. Offic. Patricial Francisc. Luiz Ameno, 1759.

FURTADO, Joaci. A caligrafia dos afetos: o poema herói-cômico árcade e a sociedade luso americana. Tese (Doutorado em História) — Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

KOSSOVITCH, Leon. Condillac: lúcido e translúcido. Cotia: Ateliê, 2011.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: Estética e política. Trad. Mônica Costa Netto. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2014.

TEIXEIRA, Ivan. Mecenato pombalino e poesia neoclássica: Basílio da Gama e a poética do encômio. São Paulo: Edusp, 1999.

TUNA, Gustavo Henrique. Silva Alvarenga: representante das Luzes na América. Tese (Doutorado em História) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

ZUMTHOR, Paul. Introdução à poesia oral. Trad. Jerusa Pires Ferreira et al. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2018.1.28146

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS