Aquisição fonológica atípica do português brasileiro: relações implicacionais e de marcação na emergência das consoantes róticas

Vanessa Henrich, Letícia Pacheco Ribas

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar o perfil de aquisição fonológica de crianças com desvio fonológico, especificamente a aquisição das consoantes róticas, considerando as leis implicacionais relacionadas à complexidade dos sistemas fonológicos, pressupostos do Modelo Implicacional de Complexidade de Traços (MICT), proposto por Mota (1996). Pela análise quantitativa dos resultados da amostra, verificou-se que a vibrante, realizada como fricativa, emerge mais precocemente do que o tepe, diferente do que estava previsto no MICT. Observou-se, no entanto, que as crianças que ainda estão adquirindo a vibrante a substituem, muitas vezes, por uma líquida ou glide, sugerindo que, embora seja pronunciada como fricativa, figura como alofone da vibrante.

Palavras-chave


Desenvolvimento da Linguagem; Fonética; Fonologia; Fonoaudiologia.

Texto completo:

PDF

Referências


CALABRESE, Andrea. A constraint-based theory of phonological markedness and simplification procedures. Linguistic Inquiry, v. 26, n. 3, p. 373-463, 1995.

CLEMENTS, George Nick; HUME, Elisabeth V. The internal organization of speech sounds. In: GOLDSMITH John A. (org.) The Handbook of Phonological Theory. Cambridge Massachusetts (UK): Blackwell, p. 245-306, 1995.

_______. On Phonological Universals. Conferência apresentada no Colloque Internationale “Langage dês universaux et universaux Du language”. Université de Paris VII, Jussieu, 1990.

_______. Representational economy in constraint-based phonology. In: HALL, Alan (org.). Distinctive feature theory. NewYork: Mouton de Gruyter, p. 71-146, 2001.

_______. Features and Sound Inventories. Symposium on Phonological Theory: Representations and Architecture. CUNY, 2004.

_______. The Role of Features in Phonological Inventories. Les Géometries De Traits/Feature Geometries. UNIVERSITÉ DE PARIS 8, 2005.

CRAIN, Stephan; THORNTON, Rosalind. Acquisition Of Syntax. The Encyclopedia of Cognitive Science. Macmillan: London, 2003.

DUARTE, Sabrina Hohmann. Relações de Distância e de Complexidade entre Traços Distintivos na Generalização em Terapia de Desvios Fonológicos. 2006. 325 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Católica de Pelotas, Pelotas.

LADEFOGED, Peter; MADDIESON, Ian. The sounds of the world’s languages. Cambridge: Blackwell, 1996.

LAZZAROTTO-VOLCÃO, Cristiane. Modelo Padrão de Aquisição de Contrastes: uma proposta de avaliação e classificação dos desvios fonológicos. 216 f. 2009. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Católica de Pelotas, Pelotas.

LOMBARDI, Linda. Coronal Sonorants and Markedness. Maryland Working Papers in Linguistics,n. 5, p. 156-175,1997.

MATZENAUER, Carmem Lúcia Barreto. Bases para o entendimento da aquisição fonológica. In: LAMPRECHT, R. R. (Org.) Aquisição Fonológica do Português: perfil de desenvolvimento e subsídios para a teoria. Porto Alegre, RS: Artmed, 2004, p. 33-58.

_______. A generalização em desvios fonológicos: o caminho pela recorrência de traços. Letras de Hoje. v. 43, n. 3, p. 27–34, 2008.

MIRANDA, Ana Ruth Moresco. A aquisição do "r": uma contribuição à discussão sobre seu status fonológico. 1996. 122f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Instituto de Letras e Artes, PUCRS, Porto Alegre.

MOTA, Helena Bolli. Aquisição Segmental do Português: um Modelo Implicacional de Complexidade de Traços. 1996. 221f. Tese (Doutorado em Letras) - PUCRS, Porto Alegre.

OLIVEIRA, Carolina Cardoso. Aquisição das Consoantes Róticas no Português Brasileiro e no Espanhol: um estudo comparativo. 2006. 160f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

RANGEL, Gilsenira de Aquino. Uma Análise Auto-segmental da Fonologia Normal: estudo longitudinal de 3 crianças de 1:6 a 3:0. 1998. 119 f. Dissertação (Mestrado em Letras), Faculdade de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

RIBAS, Letícia Pacheco. Onset complexo nos desvios fonológicos: descrição, implicações para a teoria, contribuição para terapia. 2006. 140 f. Tese (Doutorado de Letras), Faculdade de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande Sul, Porto Alegre.

RIBAS, Letícia Pacheco; HENRICH, Vanessa. Speech production characteristics of children with phonological disorder. In: SCLIAR-CABRAL, Leonor. (Org.) Psycholinguistics: Scientific and technological challenges. Porto Alegre: EDIPUCRS, v. 1, 2010, p. 391-397.

SHELDON, Amy. The acquisition of relative clauses in French and English: implications for language learning. Annual University of Wisconsin Linguistics Symposium, 1976.

SHRIBERG, Lawrence et al. Extensions to the Speech Disorders Classification System (SDCS). Clinical Linguistics & Phonetics, 24(10), p. 795–824, out. 2010.

YAVAS, Mehmet; MATZENAUER-HERNANDORENA, Carmen Lúcia; LAMPRECHT, Regina Ritter. Avaliação fonológica da criança: reeducação e terapia. Porto Alegre: Artes Médicas, 1991.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2014.2.17748

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS