Avaliação e ensino da compreensão leitora: contribuições do campo da Psicolinguística à Educação

Clarice Lehnen Wolff, Marília Marques Lopes

Resumo


Este artigo trata da compreensão da leitura e de sua avaliação. São abordados, a partir de revisão teórica no campo da Psicolinguística, os processos básicos de leitura na relação leitor-texto, com destaque aos processamentos ascendente e descendente e sua interação, na busca pela construção de sentido. Estes se desdobram, a partir da alfabetização, em direção a leituras que exigem inferências mais elaboradas, desenvolvidas de forma explícita e implícita. São enfocados aspectos metalinguísticos que devem ser conhecidos pelo professor na elaboração de atividades que orientem seus alunos a um desenvolvimento mais aprofundado dos seus processos de compreensão leitora. Os diferentes níveis linguísticos do texto e as diferentes estratégias cognitivas acionadas pelo aluno, de acordo com a atividade proposta, precisam ser levados em conta nos processos de ensino e avaliação.


Palavras-chave


Leitura; Compreensão; Avaliação; Ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRERA, Sylvia Domingos. Papel facilitador das habilidades metalinguísticas na aprendizagem da linguagem escrita. In: MALUF, Maria Regina (org.). Metalinguagem e aquisição da escrita – contribuições da pesquisa para a prática da alfabetização. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

BRANDÃO, Ana Carolina P.; SPINILLO, Alina G. Aspectos gerais e específicos na compreensão de textos. Psicol. Reflex. Crit. [online], v. 11, n. 2, p. 253-272, 1998.

CARVALHO, Queiti. Desenvolvimento semântico e compreensão de história em crianças de cinco e seis anos. Dissertação (Mestrado em Letras, área de concentração de Linguística Aplicada). Faculdade de letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2009.

COLOMER, Teresa; CAMPS, Anna. Ensinar a ler, ensinar a compreender. Tradução: Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2002.

DAHAENE, Stanislas. Os neurônios da leitura: como a ciência explica a nossa capacidade de ler. Tradução: Leonor Scliar-Cabral. Porto Alegre: Penso, 2012.

FARR, Roger; CAREY, Robert. Reading: what can be measured? 2ed. Newark: IRA, 1986.

GOMBERT, Jéan-Émile. Metalinguistic development. Hertfordshire: Harverster Wheatsheaf, 1992.

_______. Epi/meta versus implícito/explícito: nível de controle cognitivo sobre a leitura e sua aprendizagem. In: MALUF, Maria Regina; CARDOSO-MARTINS, Cláudia (Orgs.) Alfabetização no século XXI – como se aprende a ler e a escrever. Porto Alegre: Penso, 2013.

GOODMAN, Kenneth. Reading: a psycholinguistic guessing game. In: SINGER, Harry, RUDDELL, Robert. Theoretical models and process of reading. Newark, DE: International Reading Association, 1976.

_______. Unidade na leitura – um modelo psicolinguístico transacional. Letras de Hoje. Porto Alegre, v. 26, p. 9-43, dez/1991.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA (INEP). Disponível em http://portal.inep.gov.br/home - acesso em 25 de maio de 2014.

KATO, Mary A. No mundo da escrita - uma perspectiva psicolinguística. 7ed. São Paulo: Ática, 1990.

_______. O aprendizado da leitura. 6 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

KLEIMAN, Angela. Oficina de leitura – teoria e prática. Campinas, SP: Pontes: Editora da Universidade Estadual de Campinas, 3ª ed, 1995.

LEFFA, Vilson. Aspectos da Leitura – uma perspectiva psicolinguística. Coleção Ensaios. Porto Alegre: Sagra-Luzzatto, 1996.

KLEIMAN, Ângela. Leitura: ensino e pesquisa. Campinas: Pontes, 1989.

MARCUSCHI, Luiz A. O processo inferencial na compreensão de textos. Relatório final apresentado ao CNPq. Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 1989.

PEREIRA, Vera Wannmacher. Aprendizado da leitura e consciência linguística. Anais do IX Encontro do CELSUL. Palhoça, SC, Universidade do Sul de Santa Catarina. Out, 2010.

PEREIRA, Vera Wannmacher; SCLIAR-CABRAL, Leonor. Compreensão de textos e consciência textual – caminhos para o ensino nos anos iniciais. Florianópolis, Insular, 2012.

POERSCH, José Marcelino; ROSSA, Adriana (org.) Processamento de Linguagem e Conexionismo. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2007.

SMITH, Frank. Compreendendo a Leitura. 4ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2003.

SPINILLO, Alina Galvão. “Eu sei fazer uma história ficar pequena” – a escrita de resumos por crianças. Interamerican Journal of Psychology, v. 43, n. 2, 2009, p. 362-373.

______. Alfabetização e consciência metalinguística: a leitura da palavra à leitura do texto. In: MALUF, Maria Regina; CARDOSO-MARTINS, Cláudia (Orgs.) Alfabetização no século XXI – como se aprende a ler e a escrever. Porto Alegre: Penso, 2013.

SPINILLO, Alina Galvão; MAHON, Érika da R. Compreensão de texto em crianças: comparações entre diferentes classes de inferência a partir de uma metodologia online. Psicol. Reflex. Crit. [online], v. 20, n. 3, p. 463-471, 2007.

SPINILLO, Alina Galvão; MOTA, Márcia Maria Peruzzi Elia da; CORREA, Jane. Consciência metalinguística e compreensão de leitura: diferentes facetas de uma relação complexa. Educar em Revista, Curitiba: Editora UFPR, n. 38, p. 157-171, set./dez. 2010.

WOLFF, Clarice L. Compreensão de história e consciência fonológica de crianças pré-escolares. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Faculdade de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2014.1.16717

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS