Uma investigação sobre a aquisição das regras de formação da construção resultativa por bilíngues de alta proficiência do par linguístico português do Brasil e inglês

Cândido Samuel Fonseca de Oliveira

Resumo


O presente artigo relata os resultados de uma tarefa de julgamento de aceitabilidade realizada através do paradigma da estimativa de magnitude. Mais especificamente, investiga-se o comportamento de bilíngues do par linguístico português do Brasil e inglês com alta proficiência diante de sentenças em inglês – gramaticais e agramaticais – que instanciam a construção resultativa. Os resultados obtidos sugerem que esses bilíngues apresentam comportamento similar ao dos monolíngues do inglês em relação à construção resultativa gramatical, mas não em relação à agramatical, que são consideravelmente mais aceitas pelos bilíngues. Assim, este estudo corrobora a ideia de que o grau de aprendizibilidade de uma construção pode estar ligado ao tipo de relação entre a L1 e a L2 envolvidas e de que tal relação não é suficiente para fazer com que bilíngues se tornem tão sensíveis quanto falantes nativos no que tange às restrições de uma construção.


Palavras-chave


Aquisição de L2; Julgamento de aceitabilidade; Construção Resultativa.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Julio. A Estrutura sintática das chamadas “construções resultativas em PB”. 2008. 134 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

BARD, Ellen; ROBERTSON, Dan; SORACE, Antonella. Magnitude estimation of linguistic Acceptability. Language, v. 72, p. 32-68, 1996.

ELLIS, Rod. The Study of Second Language Acquisition – 2nd Edition. Cambridge: Cambridge University Press, 2008.

FEATHERSTON, Samuel. Magnitude estimation and what it can do for your syntax: some wh-constraints in German. Lingua, v. 115, p. 1525-1550, 2005.

GOLDBERG, Adele. Constructions: A construction grammar approach to argument structure. Chicago: University of Chicago Press, 1995.

INAGAKI, Shunji. Motion verbs with goal PPs in the L2 acquisition of English and Japanese. Studies in Second Language Acquisition, v. 23, p. 153-170, 2008.

JACKENDOFF, Ray; GOLDBERG, Adele. The English Resultative as a family of constructions. Language, v. 80, p. 523-567, 2004.

JUFFS, Alan. Some effects of first language argument structure and morphosyntax on second language sentence processing. Second Language Research, v. 14, n. 4, p. 406-424, 1998.

MONTRUL, Silvina. Agentive Verbs of Manner and Motion in Spanish and English as Second Languages. Studies in Second Language Acquisition. v. 23, p. 171-206, 2001.

NATION, Paul. Teaching and Learning Vocabulary. Boston, MA: Heinle & Heinle, 1990.

OKAMOTO, Aya. Transfer of L1 Argument structure and morphology on L2 Japanese. Newcastle Working Papers in Linguistics, v. 12, p. 69-82, 2007.

OLIVEIRA, Cândido; SOUZA, Ricardo. Uma Exploração da Aprendizibilidade da Construção Resultativa do Inglês por Bilíngues do Par Linguístico Português do Brasil e Inglês. Confluência - Revista do Instituto de Língua Portuguesa, v. 43, p. 242-260, 2012.

PYLKKÄNNEN, Liina.; McELREE, Brian. The syntax-semantics interface: On-line composition of sentence meaning. In: TRAXLER, M; GRENSBACHER, M. (orgs.). The Handbook of Psycholinguistics – 2nd Edition. London/Burlington, MA: Academic Press, 2006.

SORACE, Antonella. Using Magnitude Estimation in developmental linguistics. IN: BLOM, Elma; UNSWORTH, Sharon (orgs.). Experimental Methods in Language Acquisition Research. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins. p. 57-72, 2010.

SOUZA, Ricardo; MELLO, Heliana. Realização argumental na língua do aprendiz de línguas estrangeiras – possibilidades de exploração da interface entre semântica e sintaxe. Revista Virtual de Estudos da Linguagem – ReVEL, v. 5, n. 8, p. 1-19, mar. 2007.

SOUZA, Ricardo. Argument structure in L2 acquisition: Language transfer re-visited in a semantics and syntax perspective. Ilha do Desterro – A Journal of English Language, Literatures in English and Cultural Studies, n. 60, p. 153-188, 2011.

WECHSLER, Stephen. An analysis of English resultatives under the event-argument homomorphism model of telicity. Proceedings of the 3rd Workshop on Text Structure. University of Texas at Austin, 2001.

WHITE, Lydia. Argument structure in second language acquisition. French Language Studies, v. 1, 189-200, 1991.

ZARA, Julia. Estudo da Expressão de Eventos de Transferência de Posse na Interlíngua de Brasileiros Aprendizes de Inglês. 2009. 159 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-4301.2014.1.16669

e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS