Da fala à escrita: a monotongação de ditongos decrescentes na escrita de alunos do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental

Pedro Felipe de Lima Henrique, Dermeval da Hora

Resumo


O uso de ditongos decrescente tem sido bastante discutido nas pesquisas de base sociolinguística variacionista em boa parte do Brasil. Os resultados obtidos têm demonstrado que a redução desses ditongos em palavras como “touro”, “eixo”, por exemplo, já é quase categórica, e, em sua maioria, as restrições sociais como sexo, faixa etária e anos de escolarização já não são significativas, o que significa que não são selecionadas pelo programa computacional responsável pelas rodadas, nesse caso o GOLDVARB. Um olhar voltado para a escrita não tem sido tão geral quanto o voltado para o uso oral. Daí nosso interesse em trabalhar essa variável. Nosso objetivo aqui é investigar a interferência da fala na escrita por meio do processo de monotongação dos ditongos [ej] ~ [e] e [ow] ~ [o], em alunos do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública e uma privada na cidade de João Pessoa. Os autores que serviram de suporte teórico para a pesquisa foram Mollica (2000), Bortoni-Ricardo (2004), Almeida e Zavam (2004), Hora (2006), Bisol (1999) e Paiva (1996). Os dados coletados a parir dos testes, elaborados de acordo com as variáveis dependentes estudadas e as variáveis independentes controladas, foram analisados estatisticamente, como já afirmamos anteriormente, por meio do GOLDVARB. Dentre os principais resultados, estão: os alunos do sexo masculino monotongam mais do que os alunos do sexo feminino; a ocorrência da monotongação é menos frequente à medida que o nível de escolarização aumenta; a monotongação do ditongo [ow] é mais produtiva que a do ditongo [ej]; os alunos da escola particular monotongam menos que os alunos da escola pública; e as variantes consoante coronal e consoante palatal antecedentes ao ditongo [ow] são selecionadas como fortes favorecedoras para o apagamento da semivogal dos ditongos.

Palavras-chave


Variação Linguística; oralidade e escrita; monotongação.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS