Variação sociolinguística das plosivas bilabiais do português brasileiro em contato com o Hunsrückisch

Claudia Camila Lara

Resumo


Neste trabalho, objetiva-se analisar a variação das plosivas bilabiais [p, b] da fala em português brasileiro em contato com o Hunsrückisch. O fenômeno linguístico pode ocorrer em bairro~pairro e porongos~borongos. Para a realização deste estudo foi analisada a fala de vinte e quatro informantes a partir das entrevistas sociolinguísticas em que foi realizada a gravação espontânea de fala com o entrevistador. Os dados foram submetidos ao pacote computacional VARBRUL, versão GoldVarb X, para verificar os fatores linguísticos e extralinguísticos que condicionam a realização das plosivas. Como resultado deste estudo, a frequência da variação das plosivas bilabiais é baixa. Os informantes mais velhos, mulheres, bilíngues e com o menor nível de escolaridade tendem a aplicar a regra variável.

Palavras-chave


variação sociolinguística; plosivas bilabiais; contato linguístico.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS