Virtudes Cívicas na Filosofia de Hobbes

Clóvis Brondani (UFSC)

Resumo


Este trabalho pretende apontar o papel da virtude cívica no pensamento político de Thomas Hobbes. Ainda que em geral a tradição interpretativa tenha desconsiderado o tema no pensamento político do filósofo inglês, procura-se aqui investigar as afirmações de Hobbes sobre o projeto de construir uma ciência da virtude e do vício, entendida como a doutrina das leis de natureza. Neste sentido, apontamos as críticas de Hobbes em relação à teoria aristotélica da virtude e o modo como o filósofo concebe as virtudes enquanto meios eficazes para a manutenção da paz. Defende-se, sobretudo, que a noção de virtude hobbesiana somente desempenha algum papel em seu sistema enquanto concebida como virtude cívica e não enquanto virtude moral.

Palavras-chave


virtude; ética; política; Hobbes

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1983-4012


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.