UMA APROXIMAÇÃO ENTRE HISTÓRIA FILOSÓFICA E HISTÓRIA CIENTÍFICA

Rafael Ramos Cioquetta (UFRGS)

Resumo


O ensaio a seguir tem como objetivo principal ressaltar a importância de uma leitura sistemática das pressuposições epistemológicas da filosofia da história hegeliana. Em especial pretendemos chamar a atenção para a compreensão do conceito de razão conforme foi exposto na Fenomenologia de 1807 e sua função primordial para o esclarecimento dos fundamentos das teses de Hegel a respeito do desenvolvimento histórico. O modelo hegeliano recebeu diversas críticas em direção ao seu caráter especulativo, o que nos motivou aqui a expor a relação sistemática entre os conceitos apresentados em obras como a Fenomenologia e a teoria do desenvolvimento histórico apresentado principalmente nas Lições sobre Filosofia da História Universal.

PALAVRAS-CHAVE: Hegel. Filosofia da História. Razão.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1983-4012


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.