UMA INTRODUÇÃO À TEORIA CRÍTICA DE AXEL HONNETH

Herbert Barucci Ravagnani (UNESP)

Resumo


Pretende-se aqui apresentar os pontos principais da nova forma à Teoria Crítica que Axel Honneth intenta construir. Discípulo de Habermas, Honneth diagnostica problemas em seus antecessores, tanto em Habermas quanto em Adorno e Horkheimer, e tenta construir seu pensamento a partir da problemática posta historicamente pela Teoria Crítica. Desde Crítica de poder, passando por Luta por reconhecimento e Sofrimento de indeterminação, e chegando em Reificação, obras capitais do pensador, o percurso do autor procura explicar e sanar os déficits desta tradição, além de propiciar fundamentos normativos próprios do paradigma da comunicação, e indicar, com isso, o embasamento teórico-conceitual necessário para uma práxis social livre e emancipada. Este trabalho visa introduzir ao leitor os aspectos filosóficos centrais da obra de Honneth, principalmente em Luta por reconhecimento e Sofrimento de indeterminação, e também tematizar algumas questões consideradas problematizáveis nesta mesma obra.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1983-4012


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.