Filosofia do corpo e fenomenologia da carne em Michel Henry

Janilce Silva Praseres

Resumo


O objetivo do presente artigo é apresentar, brevemente, alguns aspectos da Filosofia do Corpo e Fenomenologia da Carne em Michel Henry, demarcando a fundamentação filosófica biraniana. Na obra Philosophie et phénoménologie du corps (escrita nos anos de 1948-1949 e originalmente redigida como parte da obra L’essence de la Manifestation, todavia, publicada somente em 1965 devido a normas acadêmicas em vigor) Michel Henry realiza um estudo sobre as concepções biranianas com o escopo de erigir o caráter concreto da subjetividade.


Palavras-chave


Michel Henry. Corpo. Fenomenologia. Maine de Biran.

Texto completo:

PDF

Referências


AZOUVI, F. “La Triplicité des points de vue sur le corps dans la philosophie de Maine de Biran”. In: Revue philosophique de Louvain, t. 103, 1-2, pp. 6-15, 2005.

BARBARAS, R. “Présentation”. In: Les etudes philosophiques. Paris:P.U.F. avril-juin 2000.

CARDOSO, A. “Apresentação”. In: KÜHN, R. Ipseidade e Praxis Subjectiva: abordagens fenomenológicas e antropológicas segundo o pensamento de Michel Heny. Trad. José Rosa, Helena de Jesus e Adelino Cardoso. Lisboa: Edições Colibri, 2010, pp. 9-12.

CROWELL, S. “A fenomenologia husserliana”. In: DREYFUS, H. L; WRATHALL, M. A. (Orgs.) Fenomenologia e Existencialismo. Trad. Cecília Camargo Bartalotti e de Luciana Pudenzi. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

DUCHÊNE, J. “Merleau-Ponty lecteur de Biran: a propos du corps propre”. In: Revue philosophique de Louvain, t. 103, 1-2, pp. 42-64, 2005.

FERREIRA, V. Invocação ao meu corpo. 3. ed. Lisboa: Bertrand Editora, 1994.

HENRY, M. L’essence de la manifestation. Paris: PUF, 1963.

_________. L’essence de la manifestation. 3. ed. Paris: Épiméthée, PUF, 2003.

_________. Incarnation: une philosophie de la chair. Paris: Éditions du Seuil, 2000.

_________. Encarnação: uma filosofia da carne. Trad. Carlos Nougué. São Paulo: Editora É Realizações, 2014.

_________. Fenomenología material. Ensayo Preliminar de Miguel García-Baró.Trad. Javier Teira y Roberto Ranz. Madrid: Ediciones Encuentro, 2009.

_________. Philosophie et phénoménologie du corps: essai sur l’ontologie biranienne. 5. ed. Paris: Presses Universitaires de France, 2003.

_________. Filosofia e fenomenologia do corpo: ensaio sobre a ontologia biraniana. Trad. Luiz Paulo Rounet. São Paulo: Editora É Realizações, 2012.

_________. Ver o invisível: sobre Kandinski. Trad. Marcelo Rouanet. São Paulo: Editora É Realizações, 2012.

__________. “Indicações biográficas: entrevista de Michel Henry com Roland Vaschalde”. Trad. Rodrigo Vieira Marques. In: MARQUES, R. V.; MANZI FILHO, R. (Orgs.). Paisagens da fenomenologia francesa. Curitiba, PR: Editora UFPR, 2011, pp. 215-224.

__________. “O que é isto a que chamamos vida?”. In: MARQUES, R. V., MANZI FILHO, R. (Orgs). Paisagens da fenomenologia francesa. Trad. Rodrigo Vieira Marques. Conferência pronunciada na Universidade de Québec em Trois-Rivières, em primeiro de novembro de 1977. Curitiba: Editora UFPR, 2011.

_________. As ciências e a ética. Trad. Florinda Martins. Covilhã: LusoSofia: Press, 2010. Disponível em: www.losofia.net. Acesso em: 18 abril de 2013.

_________. Fenomenologia não-intencional. Trad. José Rosa. LusoSofia: Press, 2006. Disponível em: www.lusosofia.net. Acesso em: 18 abril 2013.

KÜHN, R. Ipseidade e Praxis Subjectiva: abordagens fenomenológicas e antropológicas segundo o pensamento de Michel Heny. Trad. José Rosa, Helena de Jesus e Adelino Cardoso. Lisboa: Edições Colibri, 2010.

MARQUES, R. V., MANZI FILHO, R. (Orgs). Paisagens da fenomenologia francesa. Curitiba: Editora UFPR, 2011.

MARTINS, F., PEREIRA, A. (Org.). Michel Henry: o que pode um corpo?. Lisboa: Universidade Católica Editora, 2010.

MARTINS, F. “O que pode um corpo? Apresentação do Projecto”. In: MARTINS, F., PEREIRA, A. (Coord.). Michel Henry: o que pode um corpo?. Lisboa: Universidade Católica Portuguesa, 2010, pp. 11-38.

MERLEAU-PONTY, M. L’union de l’âme et du corps: chez Malebranche, Biran et Bergson. Paris: Librairie Philosophique J. Vrin, 2002.

PATOCKA, J. Papiers phénoménologiques. Grenoble: Million, 1995.

ROSA, J. M. S. O ‘ethos’ da ética. Estudos de fenomenologia, Lisboa, Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2006. Disponível em: www.lusosofia.net. Acesso em: 15 de junho de 2013.

UMBELINO, L. A. F. C.. Somatologia subjectiva. Apercepção de si e Corpo em Maine de Biran. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Fundação para a Ciência e a Tecnologia, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-4012.2017.2.28987

O conteúdo dos textos publicados pela intuitio é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Revista eletrônica dos discentes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS.


e-ISSN: 1983-4012

 


Indexação: LATINDEX 

 


Programa de Pós-Graduação em Filosofia - PUCRS
Veritas

EDIPUCRS: Revistas Eletrônicas da PUCRS
PORTAL: www.pucrs.br

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS