O homem é formador de mundo: mundo como conceito metafísico segundo Martin Heidegger

Susiane Kreibich

Resumo


O nosso artigo tem como objetivo apresentar a formulação do conceito de mundo no âmbito da obra Os conceitos fundamentais da metafísica: mundo, finitude e solidão, de Martin Heidegger. A partir da pergunta “o que é mundo?”, Heidegger formula o conceito de mundo por consideração comparativa entre as teses “a pedra é sem-mundo”, “o animal é pobre de mundo” e “o homem é formador de mundo”. A tese “a pedra é sem-mundo” discute acerca dos entes materiais, os quais possuem tal constituição que a sua essência é a ausência de acesso ao ente. Já a tese “o animal é pobre de mundo” analisa o modo de ser do animal, cujo acesso ao ente se dá de maneira diversa e com limites estreitos. Por fim, a tese “o homem é formador de mundo” apresenta a caracterização da essência de mundo, sendo este a abertura do ente enquanto tal na totalidade. 


Palavras-chave


Mundo. Metafísica. Ser-no-mundo. Martin Heidegger.

Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, Joice Beatriz da. Análise da linguagem: a condição de possibilidade dos enunciados filosóficos. Ijuí: Ed. Unijuí, 2013.

HEIDEGGER, Martin. Ontologia (Hermenêutica da facticidade). Trad. Renato Kirchner. Petrópolis: Vozes, 2013.

___________________ Os conceitos fundamentais da metafísica: mundo, finitude, solidão. Trad. Marco Casanova. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

HUSSERL, E. A crise da humanidade européia e a filosofia. Trad. e introdução Urbano Zilles. Porto Alegre: Edipucrs, 2002.

MEARLEU_PONTY. “O Filósofo e sua sombra”. Os Pensadores, São Paulo: Abril Cultural, 1980.

STEIN, Ernildo. Uma breve introdução à filosofia. Ijuí: Ed. Unijuí, 2005.

_____________ Mundo vivido: das vicissitudes e dos usos de um conceito da fenomenologia. Porto Alegre: Edipucrs, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-4012.2017.1.27219

O conteúdo dos textos publicados pela intuitio é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Revista eletrônica dos discentes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS.


e-ISSN: 1983-4012

 


Indexação: LATINDEX 

 


Programa de Pós-Graduação em Filosofia - PUCRS
Veritas

EDIPUCRS: Revistas Eletrônicas da PUCRS
PORTAL: www.pucrs.br

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS