Virtue epistemology - Epistemologia da virtude

Breno Ricardo Guimarães Santos, Pedro Merlussi

Resumo


[Não se aplica]

Palavras-chave


virtudes intelectuais; confiabilismo; externalismo; responsabilismo; crédito epistêmico; perspectivismo

Texto completo:

PDF

Referências


Goldman, A. I., 1992, “Epistemic Folkways and Scientific Epistemology,” in A. I. Goldman, Liaisons: Philosophy Meets the Cognitive and Social Sciences, Cambridge, MA: MIT Press.

Greco, J., 1999, “Agent Reliabilism,” in J. Tomberlin, ed., Philosophical Perspectives 13: Epistemology, Atascadero: Ridgeview.

Lackey, J., 2007, “Why we don’t deserve credit for everything we know,” Synthese, 158: 345–361.

Montmarquet, J., 1993, Epistemic Virtue and Doxastic Responsibility, Lanham: Rowman and Littlefield.

Sosa, E., 1980, “The Raft and the Pyramid: Coherence versus Foundations in the Theory of Knowledge,” Midwest Studies in Philosophy, 5: 3–25. Reprinted in Sosa 1991.

Sosa, E., 1991, Knowledge in Perspective, Cambridge: Cambridge University Press.

Zagzebski, L., 1996, Virtues of the Mind, Cambridge: Cambridge University Press.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1983-4012.2015.1.19738

ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1983-4012


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.