A liberdade transcendental na Crítica da Razão Pura de Kant

Douglas João Orben (PUCRS)

Resumo


 

O artigo aborda a ideia metafísica de liberdade, sobretudo, na Dialética transcendental da primeira Crítica. Kant, neste trecho da KrV, apresenta a liberdade como sendo uma simples ideia transcendental, naturalmente necessária, mas objetivamente não conhecida. Inicialmente, analisa-se como as ideias transcendentais são naturalmente produzidas (metaphysica naturalis) pela razão especulativa, não podendo ser simplesmente evitadas, possuindo, inclusive, um uso sistematicamente legítimo. Em seguida, examinam-se as antinomias cosmológicas, mostrando a origem da ilusão transcendental e revelando o ponto preciso do conflito antinômico. Com isto, abre-se a possibilidade de evitar os erros produzidos pela ilusão transcendental, sem por em xeque o princípio natural de produção das ideias metafísicas. Por fim, mostra-se como a ideia transcendental da liberdade é naturalmente exigida pela razão especulativa (pressupondo e em correspondência com a análise das ideias como disposição natural da razão) e, não obstante, como esta ideia (de uma causalidade por liberdade) pode ser logicamente pensada sem contradição com a causalidade natural.

 


Palavras-chave


Kant; Liberdade; Metafísica

Texto completo:

PDF


O conteúdo dos textos publicados pela intuitio é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Revista eletrônica dos discentes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS.


e-ISSN: 1983-4012

 


Indexação: LATINDEX 

 


Programa de Pós-Graduação em Filosofia - PUCRS
Veritas

EDIPUCRS: Revistas Eletrônicas da PUCRS
PORTAL: www.pucrs.br

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS