A idéia de ciência na fenomenologia de Husserl a partir da sexta Investigação Lógica

Adelar Conceição (UFRGS)

Resumo


O tema do presente texto refere-se à idéia de ciência na fenomenologia de Husserl analisada a partir de uma leitura da sexta investigação lógica. Para tanto, parte-se de uma análise da introdução e da parte inicial das Investigações lógicas, dedicada a fundamentação de uma lógica pura enquanto fundamento de uma teoria do conhecimento, da qual Husserl extrai sua crítica ao psicologismo e funda o terreno propriamente fenomenológico como “ciência de essências”. Em seguida tomaremos a “idéia de ciência” expressa em A filosofia como ciência de rigor, na qual Husserl apresenta de maneira definitiva seu ideal de ciência dentro do quadro da fenomenologia clássica. Com base na definição ali apresentada de ciência como “intuição de essência”, retornamos a sexta investigação lógica e procuraremos mostrar como Husserl pretende fundar a idéia de ciência e de conhecimento em geral a partir da noção de “intuição categorial”.


Palavras-chave


ciência; fenomenologia; Husserl

Texto completo:

PDF


O conteúdo dos textos publicados pela intuitio é de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não expressa necessariamente as opiniões de seus editores.

Revista eletrônica dos discentes do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da PUCRS.


e-ISSN: 1983-4012

 


Indexação: LATINDEX 

 


Programa de Pós-Graduação em Filosofia - PUCRS
Veritas

EDIPUCRS: Revistas Eletrônicas da PUCRS
PORTAL: www.pucrs.br

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS