Imagens encenadas? Atos performativos e construção de sujeitos nas fotografias de moda

Maria do Carmo Teixeira Rainho

Resumo


A fotografia de moda, especialmente após a década de 1960, se libertou da tarefa de representar a moda como mercadoria, tornando-se experimental ou não convencional e estreitando ainda mais as suas relações com a arte. Também caracteriza a fotografia de moda, o fato de que, hoje, para além dos propósitos comerciais, possui um consentimento para discutir temas e pautas que outros tipos de imagem não apresentam. O objetivo do artigo é examinar as possibilidades do uso das fotografias de moda nas pesquisas acadêmicas e as questões que elas engendram no que tange a temas como beleza, gênero e idade.


Palavras-chave


História, Fotografia, Moda, Cultura Visual

Texto completo:

PDF

Referências


ANGELETTI, Norberto; OLIVA, Alberto. In Vogue: an illustrated history of the world's most famous fashion magazine. Milão: Rizzoli, 2006.

APPADURAI, Arjun. A vida social das coisas: as mercadorias sob uma perspectiva cultural. Niterói: Editora da UFF, 2008.

AUSTIN, John Langshaw. Quando dizer é fazer: palavras e ação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

BARTHES, Roland. Sistema da moda. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1979.

BREWARD, Christopher. The culture of fashion: a new history of fashionable dress. Manchester: Manchester University Press, 1995.

BUTLER, Judith. Bodies that matter: on the discursive limits of “sex”. London/New York: Routledge, 1993.

______. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

FABRI, Hélcio Prado. O design dos corpos transgêneros na comunicação de moda. Anais do 10º Colóquio de Moda, Caxias do Sul, 2014. Disponível em: . Acesso em: julho de 2017.

FRASER, Keneth. On the edge: images from 100 years of Vogue. Londres: Random House, 1992.

GOFFMAN, Erving. A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes, 2009.

______. Gender advertisements. Cambridge, Massachusetts: Harvard University Press, 1979.

______. La ritualisation de la feminité. Actes de la Recherche en Sciences Sociales, v. 14, p. 34-50, abr. 1977. Disponível em: . Acesso em: junho de 2017.

HALL-DUNCAN, Nancy. Histoire de la photographie de mode. Paris: Chêne, 1978.

HARRISON, Martin. Appearances: fashion photography since 1945. New York: Rizzoli, 1991.

HEBDIGE, Dick. Subculture: the meaning of style. Londres e Nova Iorque: Routledge, 1979.

JOBLING, Paul. Fashion spreads: word and image in fashion photography since 1980. Oxford/New York: Berg, 2006.

LAVER, James. A roupa e a moda: uma história concisa. São Paulo: Cia. das Letras, 1989.

LEHMANN, Ulrich. Fashion Photography. In: LEHMANN, Ulrich (org.). Chic Cliks: creativity and commerce in contemporary fashion photography. Boston: Institute of Contemporary Art, 2002.

LIPOVETSKY, Gilles. More than fashion. In: LEHMANN, Ulrich (org.). Chic Cliks: creativity and commerce in contemporary fashion photography. Boston: Institute of Contemporary Art, 2002.

MAFESSOLI, Michel. O tempo das tribos: o declínio do individualismo nas sociedades de massa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014,

MENESES, Ulpiano Bezerra de. Fontes visuais, cultura visual. Balanço provisório, propostas cautelares. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 23, 2003.

MONNEYRON, Frédéric. La photographie de mode un art

souverain. Paris: PUF, 2010.

PASSERINI, Luisa. A juventude, metáfora da mudança social. Dois debates sobre os jovens: a Itália fascista e os Estados Unidos na década de 1950. In: LEVI, Giovanni; SCHMITT, Jean-Claude (orgs.). História dos jovens. São Paulo: Cia. das Letras, 1996.

RAINHO, Maria do Carmo Teixeira. Moda e revolução nos anos 1960. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2014.

______. Moda e revolução nos anos 1960. 2012. Tese (Doutorado em História) – Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense (UFF), Rio de Janeiro, 2012.

ROUILLÉ, André. A fotografia: entre documento e arte contemporânea. São Paulo, SENAC, 2009.

SOLOMON-GODEAU, Abigail. Modern Style: fashioning fiction at MOMA. Artforum International Magazine, New York, maio, 2004.

SONTAG, Susan. The Avedon Eye, British Vogue, dezembro, 1987. In: JOBLING, Paul, Fashion spreads: word and image in fashion photography since 1980. Oxford/New York: Berg, 2006.

SVENDSEN, Lars. Moda: uma filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2010. Fontes

APERTURE, v. 122, Aperture Foundation, 1991. ASSOCIATION WILLY MAYWALD. Disponível em: . Acesso em: maio de 2017.

BAUDOT, François; DEMACHY, Jean. Style Elle nos années 60. Paris: Filipacchi, 2002.

BAUDOT, François. Moda do século. São Paulo: Cosac & Naify, 2002.

BONADIO, Maria Claudia. ‘O fio sintético é um show! Moda, política e publicidade. Rhodia S.A. 196-1970’. 2005. Tese (Doutorado em História) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, 2005.

BOUCHER, François. História do vestuário no Ocidente. São Paulo: Cosac & Naify, 2010.

______. 20,000 Years of fashion: the history of costume and personal adornment. New York: Thames & Hudson, 1987.

CAMARGO, Rosane Feijão de Toledo. Reflexos da cidade na moda – Relações entre transformações urbanas e aparência pessoal no início do século XX no Rio de Janeiro. 2009. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Rio de Janeiro, 2009.

CASTILHO, Kathia. Configurações de uma Plástica – Do Corpo a Moda. 1998. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Semiótica) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), São Paulo, 1998.

COSGRAVE, Bronwyn. The complete history of costume and fashion: from ancient Egypt to the present day. New York: Checkmark Books, 2001.

DELBOURG-DELPHIS, Marylène. Le chic et le look: histoire de la mode féminine et des moeurs de 1850 à nos jours. Paris: Hachette, 1981.

EXPENSIVE$HIT. Disponível em: . Acesso em: julho de 2017.

FOGG, Marnie. Tudo sobre moda. Rio de Janeiro: Sextante, 2013.

FONTANEL, Beatrice. Sutiãs e espartilhos: uma história de sedução. Rio de Janeiro, Salamandra, 1998.

GAROTAS FORA DO PADRÃO. Disponível em: . Acesso em: julho de 2017.

GRUMBACH, Didier. Histórias da moda. São Paulo: Cia. das Letras, 2009.

LIMA, Laura Ferrazza de.Vestida de frivolidades: a moda feminina em suas visões estrangeira e nacional na revista O Cruzeiro de 1929 a 1948. 2009. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre, 2009.

LUGAR DE MULHER. Disponível em: . Acesso em: julho de 2017.

MARRA, Cláudio. Nas sombras de um sonho: história e linguagens da fotografia de moda. São Paulo: SENAC, 2008.

NOVELLI, Daniela. Juventudes e imagens na revista Vogue Brasil (2000-2001). 2009. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, 2009.

REMAURY, Bruno (org.). Dictionnaire de la mode au XXe siecle. Paris: Editions du Regard, 1994.

ROSA JÚNIOR, João Dalla. Entre a imagem e a moda: um estudo sobre o habitus visual. 2017. Tese (Doutorado em Design) – Programa de Pós-Graduação em Design da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Rio de Janeiro, 2017.

SAILLARD, Olivier; ZAZZO, Anne. Paris Haute Couture. Paris: Flammarion, 2012.

SEELING, Charlotte. Moda: o século dos estilistas, 1900-1999. Colônia: Könemann, 2000.

SCHMITZ, Daniela Maria. Mulher na moda: recepção e identidade feminina nos editoriais de moda da revista Elle. 2007. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) – Programa de Pós- Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, 2007.

STEELE, Valerie. Fifty years of fashion: new look to now. Yale: Yale University Press, 1997.

WALFORD, Jonathan. The image that launched a thousand misconceptions, Jonathan Walford’s Blog, 22/05/2012. Disponível em: . Acesso em: julho de 2017.

WE WEAR CULTURE. Disponível em: . Acesso em: julho de 2017. WILCOX, Claire. The Golden age of couture, Paris and London 1947-57. Londres: V&A, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2018.1.27736

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios - www.publicationethics.org



AVALIAÇÃO QUALIS CAPES - 2016 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - A2

INDEXADORES E PORTAIS

  • Web of Science - Master Journals List (Clarivate Analytics)
  • SSCI - Social Sciences Citation Index (Clarivate Analytics)
  • AHCI - Arts and Humanities Citation Index (Clarivate Analytics)
  • Scopus (Elsevier)
  • SJR - ScIMAGO Journal & Country Rank (Elsevier)
  • Historical Abstracts with Full Text (EBSCO)
  • Academic Search Premier (EBSCO)
  • Fonte Acadêmica (EBSCO)
  • Fuente Academica (EBSCO)
  • CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades
  • DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
  • REDALYC - Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal
  • Portal CAPES

FATOR DE IMPACTO NO SJR (SCImago Journal & Country Rank)

SCImago Journal & Country Rank

Licença Creative Commons OriginalityCheck®
Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional. 
TurnITin
Todos os artigos são submetidos ao software Turnitin, antes de iniciar qualquer tipo de avaliação.
Diadorim  Open Access 
Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul. 
 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS