Deus e o Diabo na Fronteira com os gentios

Moacyr Flores

Resumo


Esta reflexão sobre a fronteira cultural entre índios e brancos, nos séculos XVI e XVII, é baseada nos mitos indígenas, nas cartas e ânuas dos missionários e nos compêndios de teologia moral. Os cristãos criaram uma sociedade, como um espaço cristão, onde o índio deveria ser incorporado. Os que ficavam no espaço exterior pertenciam às hostes do Demônio e deveriam ser convertidos ou eliminados.


Palavras-chave


Fronteira, Cultura, Moral, Pecado

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2000.s.25190

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.