O associacionismo basco no Uruguai: do mutualismo ao nacionalismo (1850-1940)

Juan Carlos Luzuriaga, Óscar Álvarez Gila

Resumo


A emigração basca para o Uruguai atingiu sua maior intensidade no decorrer do século XIX. Uma das conseqüências desse processo foi o surgimento, no último quartel do século, de entidades associativas bascas. Neste artigo se analisa sua evolução desde seus objetivos iniciais como entidades de socorros mútuos, até uma maior politização, após a expansão da ideologia nacionalista basca entre os bascos da América, nas duas primeiras décadas do século XX.


Palavras-chave


Emigração basca, Associativismo, Uruguai

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2001.1.24514



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.