Comentários a partir da entrevista de Hélgio Trindade

Alexandre Pinheiro Ramos

Resumo


Neste breve texto, faço algumas breves considerações sobre as críticas feitas por Hélgio Trindade em relação as minhas pesquisas sobre o integralismo.


Texto completo:

PDF

Referências


COLLINS, Randall. The sociology of philosophies: a global theory of intellectual change. Cambridge, Massachusetts, London: The Belknap Press of Harvard University Press, 1998.

GERTZ, René E.; GONÇALVES, Leandro Pereira; LIEBEL, Vinícius. Camisas Verdes, 45 anos depois – uma entrevista com Hélgio Trindade. Estudos Ibero-americanos, Porto Alegre, v. 42, n. 1, p. 189-208, abr. 2016.

RAMOS, Alexandre Pinheiro. Intelectuais e Carisma: a Ação Integralista Brasileira na década de 1930. 2013. Tese (Doutorado em Sociologia) – Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro, 2013.

______. Intelectuais, carisma e Ação Integralista Brasileira. Rio de Janeiro: Editora Garamond, 2015.

______. O “Integralismo” de Hélgio Trindade quarenta anos depois: uma reflexão crítica sobre sua recepção. Antíteses, Londrina, v. 7, n. 14, p. 324-347, dez. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2016.2.23941

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.