Memória e identidade: um estudo das trabalhadoras do Banco do Estado do Rio Grande do Sul – 1943-1945

Aurea Tomatis Petersen

Resumo



Este artigo discute brevemente a questão da memória e da identidade e detémse na exposição de pesquisa realizada no final da década de 1990 que utilizou história oral e apoiou-se na memória das primeiras trabalhadoras que ingressaram no Banco do Estado do Rio Grande do Sul entre 1943-45, procurando construir a identidade do grupo em estudo.


Palavras-chave


Memória, Identidade, Bancárias

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2006.1.1311



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.