Rio Grande do Sul no nascer do século XX: Jaguarão e a fronteira brasileira pelos olhos de um padre belga

Beatriz Ana Loner, Lorena Almeida Gill

Resumo


Este artigo trata do relato do missionário Thomas Schoenaers, da ordem dos Premonstratenses sobre sua estadia no Brasil (1901-1904), em Jaguarão e seu trabalho como professor. Em sua narrativa, comenta fatos significativos sobre a cultura, hábitos, educação e transportes no estado gaúcho. Fascinado pela fauna, geologia e geografia, deixou boas descrições da região da campanha gaúcha, bem como uma visão critica sobre os negros e as relações interraciais na região, no início do século XX, tema deste artigo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2012.s.12471



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.