A Colônia do Sacramento vista pelos viajantes (século XVIII)

Paulo César Possamai

Resumo


Devido à política adotada pela coroa portuguesa a fim de proteger suas colônias da ambição de outras potências, contamos com poucas descrições sobre a Colônia do Sacramento, fortificação edificada em 1680 às margens do Rio da Prata. Por isso a importância dos relatos de viajantes. Foram poucos os que descreveram o entreposto platino, sobretudo clérigos, como o dominicano Domingo de Neyra e os jesuítas Diogo Soares e Florian Paucke. Também deixaram relatos o francês Louis-Antoine de Bougainville e o espanhol Francisco Millau. É através deles que tomamos conhecimento de detalhes que não foram registrados na documentação administrativa, nossa principal fonte de estudo para a pesquisa do cotidiano na Colônia do Sacramento.

Palavras-chave


Viajantes, Colonização, Contrabando

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2012.s.12466



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.