O processo de instabilidade político-institucional na Argentina: o golpe de estado de 1966 e alguns aspectos da opinião pública

Miguel Ángel Taroncher

Resumo


O presente artigo desenvolve as principais características do sistema político argentino desde a derrubada de Perón e, especificamente, os principais tópicos da opinião pública que gerou o consenso necessário para o golpe de estado de 28 de junho de 1966.

Palavras-chave


Opinião pública, Golpe de estado, Consenso

Texto completo:

PDF (em espanhol)


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2012.1.11585



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.