As origens do movimento latino-americano de história das ideias

Eugênio Rezende de Carvalho

Resumo


O artigo explora comparativamente as contribuições do filósofo espanhol exilado no México, José Gaos (1900-1969), e do filósofo argentino de origem espanhola, Francisco Romero (1891-1962), para a constituição do movimento intelectual latino-americano de história das ideias, em torno de 1940. Pretende-se demonstrar como ambos os filósofos dariam início, de forma independente e paralela, a um amplo e intenso trabalho de produção, organização, orientação, incentivo e difusão dos estudos de história das ideias, inicialmente restrito ao âmbito de seus respectivos países.

Palavras-chave


História das ideias latino-americanas, José Gaos, Francisco Romero

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-864X.2012.2.10778



e-ISSN: 1980-864X | ISSN-L: 0101-4064


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.