* Dossiê: Justiça pós-transnacional, experiências autoritárias e democracias

Ao longo das últimas décadas, o debate sobre justiça de transição ganhou novos contornos e direcionamentos com a publicação de diferentes trabalhos sobre esta temática. Por se tratar de um campo reflexivo intrinsecamente interdisciplinar, envolvendo, entre outros, pesquisadores vinculados à historiografia, às ciências sociais e ao mundo do direito, a justiça de transição tem sido abordada a partir de perspectivas diversas, possibilitando uma compreensão mais multifacetada sobre a busca de verdade e justiça em contextos democráticos em países que passaram por experiências autoritárias no passado. Este dossiê objetiva reunir estudos dedicados à investigação sobre a justiça pós-transnacional em diferentes países, abordando temáticas plurais, a exemplo de estudos sobre redemocratização, anistia, legados autoritários e comissões da verdade.