Uma análise de interpretação de textos verbais e não verbais em material didático

Kellen Fabiane Chaves Ferreira

Resumo


O objetivo deste trabalho é fazer um estudo sobre as atividades de compreensão leitora de textos com linguagem verbal e não-verbal que constam em livros didáticos de língua portuguesa utilizados no ensino médio. Com base na Teoria da Relevância (Sperber e Wilson, 1995), analisamos alguns exercícios propostos por esses manuais a fim de verificar sua importância na formação de um leitor proficiente, focalizando os processos inferenciais que atuam na interpretação textual. Mostramos as falhas verificadas nas atividades de caráter interpretativo que estão centradas, em sua maioria, na mera decodificação do texto ou na simples reprodução das palavras do autor, sem estimular os mecanismos inferenciais de raciocínio necessários para conseguir uma compreensão adequada. Conclui-se que a Teoria da Relevância pode ajudar na elaboração das questões interpretativas, ao favorecer a construção de inferências na mente do leitor, a fim de que o processo de leitura resulte eficaz.

Palavras-chave


Compreensão textual. Livros didáticos. Código lingüístico. Inferências.

Texto completo:

MONOGRAFIA



e-ISSN: 1983-1374

Copyright: © 2014 EDIPUCRS

 

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Os conteúdos deste periódico de acesso aberto estão licenciados sob os termos da Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 unported .