USO DE OBJETO DE APRENDIZAGEM NA FORMA DE GAME COMO UMA ALTERNATIVA VIÁVEL A LISTAS DE EXERCÍCIOS E FIXAÇÃO DE CONTEÚDO

Rubens Renato da Silva de Lima

Resumo


O artigo apresenta um relato de experiência que refere o uso de games em sala de aula e a aplicação de um objeto de aprendizagem (OA) na forma de game para fixação de conteúdo, envolvendo as funções afim e quadrática, em uma oficina realizada com alunos do primeiro semestre do curso de Matemática da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) realizada em outubro de 2015 na Universidade. Nosso objetivo era verificar se um OA na forma de game pode ser uma alternativa viável de estudo, mesmo que em parte, substituindo as tradicionais listas de exercícios e, ainda, se um game pode ajudar na fixação de conteúdo. Para verificar se os nossos objetivos foram atingidos, usamos questionários aplicados a professores e alunos, o que nos permitiu verificar as suas percepções, e os resultados da avaliação frente à fixação de conteúdos realizada com o uso do game aplicado. O artigo aborda, também, as possíveis dificuldades que podemos ter no uso desse tipo de recurso na escola, além de ajustes, que podemos implementar, no game para aprimorar o seu uso em sala de aula.

Palavras-chave


Games na educação, objeto de aprendizagem, fixação de conteúdo, jogos educacionais.

Texto completo:

PDF



e-ISSN: 1983-1374

 

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS