A chefia familiar feminina nas famílias monoparentais em situação de extrema pobreza

Cássia Maria Carloto

Resumo


Este trabalho tem por proposta apresentar e comentar dados sobre uma pesquisa realizada com mulheres chefes de família monoparental, em situação de extrema pobreza, no município de Londrina, no período de 2003 a 2005. A partir do objetivo principal da pesquisa, qual seja, de identificar, conhecer e analisar o perfil socioeconômico das famílias monoparentais chefiadas por mulheres em situação de extrema pobreza, definimos como universo da pesquisa as mulheres atingidas pelo Programa Bolsa-Escola Municipal. Os dados compilados a partir do cadastramento mostraram que 38% das famílias beneficiadas são monoparentais, tendo a mulher (com exceção de uma família) como responsável pelo domicílio. Neste texto, pretendemos comentar os resultados relativos ao perfil sociodemográfico e o significado da chefia familiar feminina para as mulheres entrevistadas.
Palavras-chave – Família monoparental. Chefia familiar feminina. Família.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS