Violência no meio escolar: a inclusão social através da educação para a paz

Patrícia Krieger Grossi, Beatriz Gerhenson Aguinsky, Leoberto Brancher, Simone Barros de Oliveira, Gisiane Schneider

Resumo


O presente trabalho é resultante de uma pesquisa realizada em dez escolas da rede municipal e estadual de Porto Alegre, que participam de um projeto interdisciplinar e interinstitucional, envolvendo a Secretaria Estadual e Municipal de Educação, a 3ª Vara da Infância e da Juventude de Porto Alegre, a Secretaria Municipal de Saúde, através do NASCA, a Fundação de Assistência Social e Cidadania, através do PEMSE e a PUCRS, através da Faculdade de Serviço Social. A pesquisa, de natureza qualitativa e participante, teve como objetivo avaliar de que forma a sensibilização e capacitação dos professores em educação para paz contribuiu no desenvolvimento de ações preventivas à violência. Os procedimentos metodológicos envolveram entrevistas semi-estruturadas com o corpo diretivo, docente e de apoio, visitas a campo nas escolas, grupos focais com alunos e registro das reuniões com os participantes. Os dados foram gravados e transcritos e submetidos à análise de conteúdo. Os resultados apontam que a educação para a paz é um processo que necessita ser fortalecido, pois ela tem demonstrado resultados positivos como a melhoria no clima de convívio escolar e inclusão da comunidade escolar.
Palavras-chave – Violência. Escolas. Educação para a paz. Direitos humanos. Inclusão social.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS