Interfaces entre a renda dos idosos aposentados rurais e o contexto familiar

Vívian Oliveira Tavares, Karla Damiano Teixeira, Simone Wajnman, Maria das Dores Saraiva de Loreto

Resumo


O presente artigo apresenta resultados de uma pesquisa realizada junto aos idosos rurais aposentados de Viçosa/MG, que teve como objetivo analisar a alocação e participação relativa da renda destes no sistema familiar, bem como identificar os motivos que levam a família à situação de dependência de seus recursos econômicos. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratório descritiva, tendo como sujeitos de pesquisa 65 idosos aposentados rurais e 65 familiares. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas fundamentadas em um roteiro semiestruturado. A análise dos dados foi realizada utilizando uma abordagem quanti-qualitativa, por meio de métodos estatísticos descritivos e da análise de conteúdo, respectivamente. Verificou-se que 80% dos idosos aposentados eram responsáveis por, no mínimo, metade da renda de suas famílias. Constatou-se uma situação de dependência familiar relacionada a problemas, como desemprego, baixa remuneração, gravidez não planejada, divórcio e outros eventos.

Palavras-chave


Aposentadoria; Dependência Familiar; Meio Rural.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS