Uso da violência doméstica como prática educativa: conhecendo a realidade em Diamantina – MG/ Brasil

Rarianne Carvalho Peruhype, Nádia Verônica Halboth, Paula Aryane Brito Alves

Resumo


O presente artigo objetiva analisar o uso da violência doméstica como prática educativa em Diamantina – MG. Nesse sentido, foi utilizado um questionário aberto para avaliar o uso de disciplina não violenta, violência psicológica e violência física, esta classificada como leve, moderada e grave. A amostra estudada se constituiu de 90 responsáveis por crianças, escolhidas aleatoriamente a partir do universo de 7.455 crianças matriculadas nas creches, pré-escolas e ensino fundamental, públicos e privados, na sede do município, periferia e também zona rural. Alguns dos resultados mostraram que todos os entrevistados adotam a disciplina não violenta, 95,56% a Violência psicológica e 94,44% a violência física, que, nas formas moderada e grave, é praticada por 74,44% dos entrevistados. O ensino de novas práticas educacionais surge, dessa forma, como uma necessidade urgente.

Palavras-chave


Educação;Violência contra a criança.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS