Solidariedades Familiares e o Apoio a Idosos. Limites e Implicações

Luisa Gaspar Pimentel, Cristina Pinto Albuquerque

Resumo


O presente artigo pretende posicionar algumas das implicações e limites inerentes à formação e implementação das redes de apoio familiar a idosos. Sob o pressuposto de que existem riscos de iniquidade e constrangimentos efectivos à assunção do apoio por parte das famílias, questiona-se a “tese da desresponsabilização familiar” pelos idosos, nas sociedades contemporâneas, e discutem-se os factores que, a priori e a posteriori, podem condicionar o apoio a prestar e consequentemente as lógicas de intervenção social.

Palavras-chave


Gerontologia Social; Políticas Sociais

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS