A saúde mental na formação do Curso de Serviço Social

Lucia M. Patriota, Maria do Carmo Eulálio, Gerbson da S. Lima, Mayara D. da Silva

Resumo


A presente pesquisa teve por objetivos analisar como o curso de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba tem abordado a saúde mental; identificar os componentes curriculares que contemplam a saúde mental no referido curso; verificar se a direção teórico-conceitual adotada está em consonância com os princípios da reforma psiquiátrica; e conhecer o que pensam e sabem os alunos concluintes do referido curso sobre saúde mental e reforma psiquiátrica. Compreendeu um estudo exploratório e descritivo, com abordagem quanti-qualitativa, realizado no Departamento de Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba. Os sujeitos pesquisados desconhecem elementos básicos sobre o complexo campo da saúde mental, apontando para o fato de que a formação dos profissionais de saúde mental, entre eles o assistente social, tem-se mostrado insuficiente para atender às demandas postas na reforma psiquiátrica.

Palavras-chave


Saúde mental. Reforma psiquiátrica. Serviço Social. Formação pofissional.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS