Programa CVV: Prevenção do suicídio no contexto das hotlines e do voluntariado

Carolina Neumann de Barros Falcão Dockhorn, Blanca Susana Guevara Werlang

Resumo


O comportamento suicida vem ganhando destaque em termos numéricos, constituindo um problema de saúde pública. Diante desta realidade, são fundamentais ações preventivas com o objetivo de reduzir os alarmantes índices de tentativas de suicídio e de suicídios consumados. Dentre os programas de prevenção, existe o recurso de atendimento por meio de hotlines, o qual se faz presente no Brasil através da ação dos Postos CVV, executores do Programa CVV de Prevenção do Suicídio e integrantes do Centro de Valorização da Vida. Com trabalhadores voluntários, o CVV oferece intervenção em crise a sujeitos que telefonam buscando apoio emocional. O objetivo deste artigo é contextualizar historicamente este tipo de serviço, destacando a ação do voluntário como peça fundamental na sociedade civil, no cuidado efetivo a pessoas em sofrimento e no esforço para evitar a concretização de um desfecho fatal.

Palavras-chave – Suicídio. Prevenção. Acolhimento.

Texto completo:

PDF



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS