Estágio em Serviço Social: reflexões a partir da realidade da supervisão de campo / Training in Social Work: reflections from the reality of stage supervision

Emanuel Jones Xavier Freitas, Luciane Cássia Faria

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo problematizar as características do estágio supervisionado em Serviço Social, especialmente sob o prisma da supervisão direta de estágio em campo, abordagem ainda incipiente sob o ponto de vista de referências literárias, embora se constitua como dimensão formativa relevante e que demanda intensa e profunda reflexão. Desenvolveu-se estudo de nível descritivo (HERNANDEZ et al., 2013) e de natureza qualitativa (GOGOY, 1995), instrumentalizado por formulário survey (PINSONNEAULT; KRAEMER, 1993), por meio do qual buscou-se observar características dos assistentes sociais no processo de supervisão direta de estágio em campo. Conclui-se, pelo presente estudo, que qualificar o processo de supervisão de campo de estágio segue como relevante desafio a ser superado pela categoria profissional, dadas as condições por meio das quais o processo tem sido conduzido no cenário contemporâneo.

Palavras-chave


Assistente social. Serviço social. Supervisão de estágio.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO E PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL. Política Nacional de Estágio. Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social - ABEPSS, maio de 2010. Disponível em: www.abepss.org.br Acesso em: 11 nov. 2016.

AMICUCCI, E. M. M. Estágio supervisionado em serviço social: tempos atuais e velhos desafios. 2011, 210 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social). Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Franca, 2011.

BRASIL. Lei nº 8.662, de 7 de junho de 1993. Dispõe sobre a profissão de Assistente Social e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L8662.htm. Acesso em: 11 nov. 2016.

BRASIL. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11788.htm. Acesso em: 11 nov. 2016.

BURIOLLA. M. A. F. O estágio supervisionado. São Paulo: Cortez, 2006.

CAPUTI, L. Supervisão de estágio em serviço social: significâncias e significados. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 19, n. 3, p. 389-394, out./ dez. 2016.

CEOLIN, G. F. Crise do capital, precarização do trabalho e impactos no serviço social. Revista Serviço Social & Sociedade, São Paulo, n. 118, p. 239-264, abr./jun. 2014.

CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL. Resolução CFESS nº 4.933/2006. Dispõe sobre as condições éticas e técnicas do exercício profissional do assistente social. Legislação e Resoluções sobre o trabalho do/a assistente social. Brasília: CFESS, 2011. Disponível em: www.cfess.org.br Acesso em: 11 nov. 2016.

______. Resolução CFESS nº 533/2008. Regulamenta a Supervisão Direta de Estágio no Serviço Social. Legislação e Resoluções sobre o trabalho do/a assistente social. Brasília: CFESS, 2011. Disponível em: www.cfess.org.br Acesso em: 11/nov. 2016.

FLORES, J. G. Análisis de datos cualitativos: aplicaciones a la investigación educativa. Barcelona: PPU, 1994.

GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades: uma revisão histórica dos principais autores e obras que refletem esta metodologia de pesquisa em ciências sociais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 2, p. 57-63, mar./abr. 1995. https://doi.org/10.1590/S0034-75901995000200008.

HERNANDEZ, S. R.; COLLADO, C. F.; LUCIO, M. P. B. Metodologia de pesquisa. Tradução Daisy Vaz de Moraes. Revisão Técnica Ana Queluz Garcia, Dirceu da Silva, Marcos Julio. 5. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

LEWGOY, A. M. B. Supervisão de estágio em serviço social: desafios para a formação e exercício profissional. São Paulo: Cortez, 2009.

PINSONNEAULT, A.; KRAEMER, K. L. Survey research in management information systems: an assassement. Journal of Management Information System, 1993. https://doi.org/10.1080/07421222.1993.11518001.

SANTOS, M. T.; MANFROI, V. M. Condições de trabalho das/os assistentes sociais: precarização ética e técnica do exercício profissional. EM PAUTA, Rio de Janeiro, n. 36, v. 13, p. 178-196, jul./dez. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2017.2.26896


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS