A Interdisciplinaridade e o Serviço Social: estudo das relações entre profissões / Interdisciplinarity and Social Work: study of relations between professions

Ediane Moura Jorge, Reinaldo Nobre Pontes

Resumo


O presente artigo trata das relações profissionais entre Assistente Social, Pedagogo e Psicólogo e estuda como se dá o diálogo entre esses sujeitos profissionais, no processo de intervenção da realidade comum no Centro de Referência Especializado da Assistência Social-CREAS em Belém. Analisam-se se nesse espaço de trabalho as relações entre os profissionais alcançam ou não o nível da interdisciplinaridade. A metodologia utilizada baseia-se em pesquisa qualitativa fundamentada no método dialético-crítico. Encontram-se aproximações de práticas interdisciplinares, mostrando ser possível adotar a perspectiva de interdisciplinaridade quando se constroem condições objetivas para seu exercício.


Palavras-chave


Interdisciplinaridade. Serviço Social. Assistência Social.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Giovanni. A condição de proletariedade: a precariedade do trabalho no capitalismo global. Londrina: Práxis, 2009.

ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. 15. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

Barroco, M. L. S. Ética e serviço social: fundamentos ontológicos. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

PMid:17123099

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Política Nacional de Assistência Social – PNAS. Brasília: Senado Federal, 2004.

______. Resolução nº 17, de 20 de junho de 2011. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Conselho Nacional de Assistência Social. Brasília, 2011.

______. Ministério do Desenvolvimento Social e combate à Fome. Caderno de orientações técnicas: Centro de Referência Especializado de Assistência Social-CREAS. Brasília: Brasil LTDA., 2011.

Chauí, M. Introdução à história da filosofia: dos pré-socráticos a Aristóteles. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

COUTINHO, Carlos Nelson. O estruturalismo e a miséria da razão. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

Fazenda, I. C. A. Integração e interdisciplinaridade no ensino brasileiro: efetividade ou ideologia? São Paulo: Loyola, 1996.

______. O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A interdisciplinaridade como necessidade e como problema nas ciências sociais. Revista do Centro de Educação e Letras, UNIOESTE-Campus Foz do Iguaçu, v. 10, n. 1, p. 41-62, 1º sem. 2008.

Japiassu, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

Jantsch, A.P.; Bianchetti, L. (Orgs.). Interdisciplinaridade: para além da filosofia do sujeito. Petrópolis/RJ: Vozes, 1995.

Lowy, M. Ideologia e ciência social: elementos para uma análise marxista. 19. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

NETTO, J. P. Razão, ontologia e práxis. Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo: Cortez, ano XV, n. 44, 1994.

______. Notas sobre marxismo e serviço social, suas relações no Brasil e a questão do seu ensino. Caderno ABESS, n. 4, São Paulo: Cortez, 1991.

______. Introdução ao estudo do método em Marx. 1. ed. São Paulo: Expressão popular, 2011.

POMBO, O. Conferência: Congresso Luso-Brasileiro sobre Epistemologia e Interdisciplinaridade na Pós-Graduação. Porto Alegre, Brasil, Universidade Pontifícia do Rio Grande do Sul, 21, 22 e 23 jun. 2004.

______. Revista do Centro de Educação e Letras da Unioeste, Campus de Foz do Iguaçu, v. 10, n. 1, p. 9-40, 1º sem. 2008.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Um discurso sobre as ciências. 2. ed. São Paulo: Afrontamento, 1988.

SPOSATI, Aldaíza de Oliveira et al. A assistência na trajetória das políticas públicas brasileiras: uma questão em análise. 7. ed. São Paulo: Cortez, 1998.

VASCONCELOS, Eduardo Mourão. Serviço social e interdisciplinaridade: o exemplo da saúde mental. In: Saúde Mental e Serviço Social: o desafio da subjetividade e da interdisciplinaridade. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

VÁSQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. 2. ed. Buenos Aires: Clacso/São Paulo. Expressão Popular, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2017.1.26444


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS