A Produção Social do Espaço/Tempo e os Vazios Urbanos: o caso do Assentamento 20 de Novembro em Porto Alegre / The Social Production of Space/Time and the Urban Voids: the 20 de Novembro Settlement case in Porto Alegre

Marcos Pereira Diligenti, Maria Alice Medeiros Dias, Isadora Teodoro

Resumo


Localizada na Região Central da Cidade de Porto Alegre, na Rua Dr. Barros Cassal nº 161, a propriedade onde hoje se localiza o Assentamento 20 de Novembro, após décadas de abandono e degradação foi, a partir do início deste século, palco de tensionamento por parte de organizações de  moradores  na luta pela moradia da Região Metropolitana. Com base em pesquisa bibliográfica e documental qualitativa, este artigo propõe a discussão da segregação socioespacial verificada nas cidades submetidas ao modo capitalista de produção do espaço e do tempo urbano. O Assentamento 20 de Novembro é aqui apresentado como situação emblemática, na forma de um estudo de caso, exemplificando a apropriação pelo movimento social de um vazio urbano como ação de resistência contra- hegemônica à financeirização do habitat, aliada à emergência de um significativo protagonismo das camadas populares no exercício de sua cidadania.

Palavras-chave


Vazios urbanos. Movimentos sociais. Espaço/ tempo urbano. Assentamento 20 de Novembro.

Texto completo:

PDF/A

Referências


AGUIAR, Douglas. Alma espacial: o corpo e o movimento na arquitetura. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2010.

AUGÉ, Marc. Não-lugares: uma introdução a uma antropologia da supermodernidade. Porto Alegre: Papirus, 1994.

ALFONSIN, Jaques. Porto Alegre precisa defender suas novas AEIS. 06 mai. 2015. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/noticias/542326-porto-alegre-precisa-defender-suas-novas-aeis. Acesso em: 10 out. 2016.

ARANTES, Pedro. O lugar da arquitectura num 'planeta de favelas'. Opúsculo, n. 11. Porto: Dafne, 2008.

________. Da (Anti)reforma urbana brasileira a um novo ciclo de lutas nas cidades. Correio da Cidadania, 08 nov. 2013.

Bourdieu, P. Razões práticas. Campinas: Papirus,1996.

BOULOS, Guilherme. Por que ocupamos? Uma introdução à luta dos sem-teto. São Paulo: Scortecci, 2014.

________. Boulos: sobre a questão da moradia, de Friedrich Engels. Blog da Boitempo. 05 mai. 2015. Disponível em: https://blogdaboitempo.com.br/2015/05/05/boulos-sobre-a-questao-da-moradia-de-friedrich-engels/. Acesso em: 11 out. 2016.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 10 out. 2016.

________. Ministério Das Cidades. Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001. Estatuto da Cidade. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LEIS_2001/L10257.htm. Acesso em: 10 out. 2016.

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS. Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas, em 10 de dezembro de 1948. Brasília: UNESCO, 1998. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001394/139423por.pdf. Acesso em: 10 out. 2016.

ENGELS, Friedrich. Sobre a questão da moradia. São Paulo: Boitempo, 2015.

FERNANDES, Marlene. Agenda Habitat para Municípios. Rio de Janeiro: IBAM, 2003.

FOGLIATTO, Débora. Após anos de luta, Assentamento 20 de Novembro assina contrato com a Caixa para início de obras. Jornal Sul 21, 1º maio 2016. Disponível em: http://www.sul21.com.br/jornal/apos-anos-de-luta-assentamento-20-de-novembro-assina-contrato-com-a-caixa-para-inicio-de-obras/. Acesso em: 10 out. 2016.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Déficit habitacional no Brasil 2013: Resultados Preliminares, Nota Técnica. Belo Horizonte: Centro de Estatística e Informações - CEI, 2015. Disponível em: http://www.fjp.mg.gov.br/. Acesso em: 09 out. 2016.

________. Nota Técnica 1: Déficit habitacional no Brasil 2011-2012: Resultados Preliminares. Belo Horizonte: Centro de Estatística e Informações - CEI, 2014. Disponível em: http://www.fjp.mg.gov.br/. Acesso em: 10 out. 2016.

________. Ministério das Cidades; Secretaria Nacional de Habitação. Déficit habitacional municipal no Brasil 2010. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, 2013. Disponível em: http://www.fjp.mg.gov.br. Acesso em: 10 out. 2016.

FURTADO, Carlos Ribeiro. Intervenção do Estado e (re)estruturação urbana. Um estudo sobre gentrificação. State intervention and urban (re)structuring. A study on gentrification. Cad. Metrop., São Paulo, v. 16, n. 32, pp. 341-363, nov. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cm/v16n32/2236-9996-cm-16-32-0341.pdf. Acesso em: 12 out. 2016.

HARVEY, David. Consciousness and the urban experience. Oxford, Basil Blackwell, 1985.

________. Está emergindo um novo modo de pensar o futuro. Entrevista concedida a Luiz Araújo. Zero Hora, Notícias, 09 nov.2014.

INSTITUTO Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Censo 2010.

LEFEBVRE, Henri. A produção do espaço. Trad. Doralice Barros Pereira e Sérgio Martins (do original: La production de l'espace. 4e éd. Paris: Éditions Anthropos, 2000). Primeira versão: início - fev.2006.

________. O direito à cidade. Trad. Rubens Eduardo Frias. 5.ed. (2008). São Paulo: Centauro, 2001.

LETIZIA, Vito. A grande crise rastejante. São Paulo: Caros Amigos, 2012.

LIMA NETO, Vicente Correia; FURTADO, Bernardo Alves; KRAUSE, Cleandro. Estimativas do Déficit Habitacional Brasileiro (PNAD 2007-2012). In: Nota Técnica, n° 5. Brasília: IPEA, 2013.

McBRIDE, Brendan; FRENCH, Matthew (Orgs.). Affordable land and housing in LatinAmerica and the Caribbean. Nairobi: United Nations Human Settlements Programme (UN-HABITAT), 2011, v.1. Disponível em: http://www.unhabitat.org. Acesso em: 12 out. 2016.

MARICATO, Ermínia et al. Como entender a crise urbana? São Paulo: Boitempo/Carta Maior, 2013.

OLIVEIRA, Fabiana Aguiar de. Entre rebeldia e conformismo: a luta do movimento nacional de luta pela moradia (MNLM) pelo acesso à moradia no Rio Grande do Sul. Tese (Doutorado em Serviço Social) - PUCRS. Porto Alegre, 2011.

ROLNIK, Raquel. Guerra dos lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças. São Paulo: Boitempo, 2015.

SCHMID, Christian. A teoria da produção do espaço de Henri Lefebvre: em direção a uma dialética tridimensional. GEOUSP – espaço e tempo, São Paulo, n. 32, p. 89-109, 2012.

SOUZA, Charles Benedito Gemaque. A contribuição de Henri Lefebvre para reflexão do espaço urbano da Amazônia. Confins – Revista franco-brasileira de Geografia [online], n. 5, 21 mar. 2009. Disponível em: https://confins.revues.org/5633?lang=pt. Acesso em: 05 out. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2016.2.25619


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS