Estado e segurança alimentar: alcances e limitações de políticas públicas no Brasil

Wanda Griep Hirai, Flávio Sacco dos Anjos

Resumo


Este texto reúne alguns elementos para ampliar a compreensão em relação às recentes discussões sobre a temática da segurança alimentar, que se tornou um desafio mundial desde a Declaração de Roma, em 1996. Procura-se apresentar breves aspectos conceituais e históricos, bem como a construção do conceito que se amplia ao incorporar elementos, além da noção de abastecimento que lhe deu origem. Por fim, apresentam-se alguns dados da última PNAD (2004) sobre segurança alimentar no Brasil, os quais apontam o impacto da insegurança alimentar, cuja expressão mais severa é a fome.

Palavras-chave – Estado. Segurança Alimentar. Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1677-9509


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.