A Crise do Capital e seus Rebatimentos para a Produção de Conhecimentos / The Capital Crisis and its Consequences to Production of Knowledge

Daniella Borges Ribeiro

Resumo


Este artigo tem por objetivos discutir: a) as contribuições proporcionadas pela ciência moderna para o desenvolvimento das forças produtivas no capitalismo e como ela serviu (e ainda serve) como meio de controle da força de trabalho e de valorização do capital; b) como a produção de conhecimentos passou a ser apropriada de forma mais profunda pelo capital diante de sua crise. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica baseada em obras marxistas. A partir deste estudo, consideramos que a “imbricação nociva” entre a produção de conhecimentos e as necessidades de acumulação do capital deixa explícita a necessidade de uma luta coletiva em favor da reversão deste processo. Palavras chaves: crise capitalista. mercantilização da ciência. produção de conhecimentos.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2015.2.21236


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS