Gênero e Tendências Contemporâneas: uma análise do Seminário Internacional “Desfazendo Gênero” / Gender and Contemporary Trends: an analysis of the international seminar “Undoing gender”

Thaysi Cruz da Costa, Rita de Lourdes de Lima

Resumo


Este trabalho objetiva analisar como vem se dando, contemporaneamente, a discussão sobre a categoria gênero. Para tanto, buscou-se fazer uma análise das produções publicadas nos anais do Seminário Internacional Desfazendo Gênero, realizado em 2013 em Natal (RN). Esse evento objetivou discutir a categoria gênero e, como próprio nome sugere, “desconstruir/desfazer o gênero”. Ou seja, percebe-se a influência da Teoria Queer na concepção do encontro a partir do próprio título. O critério estabelecido para a escolha da amostra foi priorizar comunicações orais em que contivesse a palavra “gênero” em seu título, tendo em vista que é o foco da nossa discussão. Foram analisados 51 trabalhos e verificou-se a predominância de análises ligadas à Teoria Queer. Nesses estudos, baseados em perspectivas subjetivistas, há, a nosso ver, uma valorização excessiva do discurso, incentivando o individualismo e a superficialidade, favorecendo, portanto, a ordem do capital.


Palavras-chave


Gênero. Marxismo. Pós-modernidade. Seminário “Desfazendo Gênero”.

Texto completo:

PDF/A

Referências


ANAIS COMPLETO DO SEMINÁRIO INTERNACIONAL DEZFAZENDO GÊNERO. Disponível em: Acesso em: 20 dez. 2014.

CADERNO DE RESUMOS DO SEMINARIO INTERNACIONAL DEZFAZENDO GÊNERO. Disponível em:. Acesso em: 20 dez. 2014.

COSTA, Claudia de Lima. O Leito de Procusto: Gênero, Linguagem e as Teorias Feministas. Cadernos Pagu (2), 1994.

COUTINHO, Carlos Nelson. O estruturalismo e a miséria da razão. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

FEITOSA, Sônia de M. Patriarcado e música de forró: uma análise de gênero. In: GURGEL, Telma. QUEIROZ, F.M. Gênero e Serviço Social: múltiplos enfoques. Rio Grande do Norte: EDUFRN, 2012. p. 13-35.

GOELLNER, S. V. et al. Pesquisa qualitativa na educação física brasileira: marco teórico e modos de usar. Revista da Educação Física (UEM), v. 21, n. 3, p. 381-410, 2010.

HARVEY, David. A condição Pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo: Loyola, 1992.

LIMA, C.M.G. de; DUPAS, G.; OLIVEIRA, I.de; KAKEHASHI, S. Pesquisa etnográfica: iniciando sua compreensão. Rev. latino-am. enfermagem, Ribeirão Preto, v. 4, n.1, p. 21-30, janeiro 1996. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/rlae/v4n1/v4n1a03 >. Acesso em: 17 jan. 2015.

LIMA, Marwyla Gomes de. A importância da análise das relações patriarcais de gênero para compreensão da lei Maria da Penha. . In: LIMA, R. L.; GURGEL, Telma.;

LIMA, R. L.; GURGEL, Telma. QUEIROZ, F.M. Gênero e Serviço Social: múltiplos enfoques. Rio Grande do Norte: EDUFRN, 2012. p.81-96

LOURO, Guacira Lopes. Teoria queer: uma política pós-identitária para a educação. Rev. Estud. Fem. 2001, vol.9, n.2, pp. 541-553.

LOURO, Guacira Lopes. Pedagogias da sexualidade. In: LOURO, Guacira Lopes. O CORPO EDUCADO. 2. ed. Belo Horizonte: Autentica, 2000. p. 04-23.

MACIEL, Telma. Feminismo e luta de classe: a auto-organização das mulheres pela história. Consulta popular: Caderno de debates. São Paulo: n. 1, p. 08-25, jun. 2009

MISKOLCI, Richard. Teoria Queer e a Sociologia: o desafio de uma analítica da normalização In: Revista Estudos Feministas. Florianópolis: IEG-UFSC, 2009, v.17.

OLIVEIRA, Adriana Vidal de. A Teoria de Judith Butler: Implicações Nas Estratégias De Luta Do Movimento Feminista. Salvador – BA. 2008.

QUEIROZ, Fernanda Marques de; DINIZ, Maria Ilidiana. Prostituição e relações patriarcais de gênero: apontamentos para reflexão. In: LIMA, R. L.; GURGEL, Telma.; QUEIROZ, F.M. Gênero e Serviço Social: múltiplos enfoques. Rio Grande do Norte: EDUFRN, 2012. p.187-231

SAFFIOTI, Heleieth l. B. O poder do Macho. São Paulo: Moderna, 1987.

SAFFIOTI, Heleieth Iara Bongiovani. Ontogênese e filogênese do gênero: ordem patriarcal de gênero e a violência masculina contra mulheres. Estudos e Ensaios, FLASCO-Brasil, 2009.

SALIH, Sara. Judith Butler e a Teoria Queer. Belo Horizonte: autêntica, 2012.

SANTOS, Silvana M. M dos. Direitos, desigualdades e diversidade. In: BOSCHETTI, Ivonete; BEHRING, Elaine R.; SANTOS, S. M. M.; MIOTO, R. C. T.; Política social no capitalismo: tendências contemporâneas. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2009. p.64-86.

SIMIONATTO, Ivete. As expressões ideoculturais da crise capitalista na atualidade e sua influência teórico-política. In: ABEPSS/CFESS. Serviço Social: direitos sociais e competências profissionais. Brasília: ABEPSS/CFESS, 2009.

TONET, Ivo. Modernidade, pós-modernidade e razão. Maceió- AL. Ago. 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2015.2.20900


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS