Políticas sociais na contemporaneidade: o fim do caminho? / Social Policies Today: the end of the road?

Ana Targina Rodrigues Ferraz

Resumo


O artigo é produto de um trabalho de reflexão conceitual sobre as relações entre Estado e política social na sociedade capitalista a partir de pesquisa bibliográfica e revisão da literatura, realizadas no âmbito do projeto de estudos desenvolvido em licença capacitação. Seu principal objetivo é pensar a configuração da política social, sem deixar de tratar dos seus determinantes econômicos, como resultante, também, de um processo de disputa política e teórica acerca do papel do Estado na sociedade capitalista entre as principais referências teóricas no interior das ciências sociais: o pensamento liberal e o pensamento marxista.

Palavras-chave


Estado, Política Social, Reconfiguração das Políticas Sociais.

Texto completo:

PDF/A

Referências


REFERÊNCIAS BIBLIGRÁFICAS

BRANDÃO, André Augusto. Liberalismo, neoliberalismo e políticas sociais. Serviço Social e Sociedade. São Paulo, n.36, p.84-100, out./dez. 1991.

BOBBIO, Norberto. Liberalismo e democracia. São Paulo: Brasiliense, 2005.

BOSCHETTI, Ivanete. A insidiosa corrosão dos sistemas de proteção social europeus. Serviço Social e Sociedade. São Paulo, n. 112, p.754-803, out./dez. 2012.

CASTEL, Robert. Desestruturação do trabalho e política social. In PEREIRA, Potyara Amazoneida Pereira [et al] (org.). Política social, trabalho e democracia em questão. Brasília: UNB, Programa de Pós-Graduação em Política Social, Departamento de Serviço Social, 2009.

COIMBRA, Marcos. Abordagens teóricas ao estudo das políticas sociais. In: ABRANCHES, Sergio. [et al]. Política social e combate à pobreza. Rio de Janeiro: Zahar, 1987.

COUTINHO, Carlos Nelson. Marxismo e Política: a dualidade de poderes e outros ensaios. 2ª Edição. São Paulo: Cortez, 1996.

DANANI, Claudia. El espacio publico em su laberinto: las políticas sociales y las confontaciones del universalismo. In GLUZ, Nora y ARZATE SALGADO, Jorge (compiladores). Particularismo y universalismo en las políticas sociales: el caso de la educación. Buenos Aires: UNGS-Universidade Autónoma del Estado de México, 2010.

DURANA, Ana Arriba González de; ERANSUS, Begoña, Pérez. La última red de protección social en España: prestaciones asistenciales y su activación. Política y Sociedad. Madrid, v.44, n. 2, p.115-133. 2007.

ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do Estado. 3ª Ed. São Paulo: Global, 1986. Coleção Bases.

FERGUSON, Iain. Austeridade no Reino Unido: o fim do estado de bem-estar social? Argumentum, Vitória (ES), v. 5, n.2, p. 65-88, jul./dez.2013.

GRAMSCI, Antônio. Escritos Políticos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004. Vol. 1 e 2.

HAYEK, Friedrich August Von. O caminho da servidão. 5ª Ed. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1990.

LENIN, Vladimir Ilitch. O Estado e a revolução: o que ensina o marxismo sobre o Estado e o papel do proletariado na revolução. 1ª Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

________________. O que fazer? problemas candentes do nosso movimentos.1ª Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

MALAGUTI, Manuel L. Smith e Hayek, irmanados na defesa das regras do jogo. In: MALAGUTI, Manoel L, CARCANHOLO, Reinaldo, CARCANHALO, Marcelo (orgs.). Neoliberalismo: a tragédia do nosso tempo. 3ª Ed. São Paulo: Cortez, 2002. Coleção Questões da Nossa Época, v.65.

MANDEL, Ernest. O capitalismo tardio. São Paulo: Nova Cultural, 1985.

MARSHALL, T.H. Cidadania, classe social e status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

MARX, Karl e ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã: teses sobre Feuerbach. 9ª Ed. São Paulo: Centauro Editora, 2006.

_____________. Manifesto do partido comunista. São Paulo: Cortez, 1998.

PEREIRA, Potyara A. P. Sobre a controvertida identificação da política social com o Welfare State In: PEREIRA, Potyara A. P. Política Social: temas & questões. São Paulo: Cortez, 2008.

_____________.Trajetória da política social: das velhas leis dos pobres ao Welfare State In: PEREIRA, Potyara A. P. Política Social: temas & questões. São Paulo: Cortez, 2008.

POULANTZAS, Nico. O Estado o poder e o socialismo. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

PRZERWORSKI, Adam. Capitalismo e social-democracia. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

WACQUANT, Loïc. As prisões da miséria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509.2014.2.18165


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Textos & Contextos (Porto Alegre)
eISSN: 1677-9509
DOI: 10.15448/1677-9509
Avaliação do Qualis CAPES - 2016
Área Capes - Serviço Social
Classificação: A2
E-mail: textos@pucrs.br
 
 
Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul
 
 
Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS